Corinthians mira vaga na Libertadores em partida atrasada contra o Goiás

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 05.03.2021 - O técnico Vitor Pereira, do Corinthians. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 05.03.2021 - O técnico Vitor Pereira, do Corinthians. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Corinthians se prepara para enfrentar o Goiás neste sábado (29), às 19h30 (de Brasília) no estádio da Serrinha, em Goiânia (GO), em partida atrasada pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. A disputa estava marcada originalmente para o dia 15, mas foi suspensa graças a problemas com a presença da torcida alvinegra no estádio.

Na ocasião, o Ministério Público do Estádio de Goiás recomendou que o confronto tivesse somente a presença de torcedores esmeraldinos, sob a justificativa de evitar brigas. A CBF acatou o pedido, o Corinthians recorreu no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), e o imbróglio jurídico levou a corte a suspender a partida horas antes dos jogadores entrarem em campo. A nova data foi anunciada pela CBF nesta segunda-feira (24).

Para o time alvinegro, a disputa é uma oportunidade de recuperar o quarto lugar, tomado pelo Fluminense nesta quarta-feira (26), quando o próprio clube tricolor venceu o Corinthians por 2 a 0 e somou 58 pontos, um a mais do que o rival paulista, que ficou em quinto. Para o clube do Parque São Jorge, a prioridade é garantir a vaga direta para a Copa Libertadores de 2023.

Após a derrota contra o Fluminense, o técnico Vítor Pereira destacou o desempenho do time alvinegro na competição nacional, e reafirmou o compromisso com o torneio continental no próximo ano. "Ficamos quase o ano todo no G4 do Brasileirão. Não quero estar aqui puxando os méritos, mas temos que ter consciência e olhar para a realidade e ver tudo isso", disse, em coletiva. "Nós tínhamos objetivos claros quando vim para cá: disputar um título —o que fizemos na Copa até a final, mas infelizmente as coisas não aconteceram como pretendíamos— e qualificar o clube no G4 para ir à Libertadores. Eu, para mim, os corintianos têm que estar focados, o time tem que estar concentrado no que é o objetivo do clube para esta temporada. Nós construímos o futuro hoje."

Para a partida deste sábado, Pereira terá novamente que superar o desafio apresentado pelo departamento médico. Adson trata uma lesão muscular na coxa direita, enquanto Gustavo Mosquito, que rompeu ligamento do joelho direito, só volta no próximo ano. Balbuena e Renato Augusto foram substituído na partida contra o Fluminense após sentirem dores musculares, e devem ser preservados. Ramiro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, completa a lista de desfalques deste sábado.

Em compensação, Yuri Alberto volta de suspensão e deve estar entre os 11 iniciais. Maycon, preservador no último compromisso, também pode aparecer em campo. Assim uma possível escalação inicial do Corinthians tem:Cássio, Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Fausto Vera, Du Queiroz (Maycon) e Giuliano; Mateus Vital (Giovane), Róger Guedes e Yuri Alberto.

O Goiás, por sua vez, deve seguir desfalcado por Sávio e Marquinhos Gabriel, lesionados. Maguinho e Auremir, suspensos pelo terceiro amarelo, e Caetano, emprestado ao time esmeraldino pelo Corinthians, são ausências confirmadas.

Em compensação, Apodi e Luan Dias voltam de suspensão, enquanto Reynaldo, que se recuperava de choque de cabeça do jogo contra o Cuiabá, deve estar à disposição.

Uma possível escalação inicial do técnico Jair Ventura tem: Tadeu; Diego; Lucas Halter, Reynaldo e Hugo; Matheus Sales, Caio Vinícius e Luan Dias (Apodi); Dadá Belmonte, Pedro Raul e Vinícius.

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Horário: Às 19h30 (de Brasília) deste sábado (29)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (VAR-Fifa/MG)

Transmissão: Premiere