Corinthians, Marcinho e a dívida do Botafogo que pode 'pagar' reforço para a lateral

Goal.com

O Corinthians estaria disposto a perdoar valores devidos pelo Botafogo para ter o lateral direito Marcinho, segundo o jornal O Dia. Desta maneira, o Timão não desembolsou nada em dinheiro para comprar 50% dos direitos do jogador.

Com o vínculo para acabar no final do ano e sem vontade de seguir no clube, Marcinho ficaria livre para assinar um pré-contrato a partir de 1 de julho e sair do Botafogo de graça. Segundo as informações publicadas pelo jornal, os moldes do contrato que estão sendo debatidos entre os dois alvinegros, o paulista assinaria o contrato já, mas ainda sem pagar nada, para isso teria que perdoar dívidas do Glorioso.

Uma das dívidas em questão se trata dos salários do volante Jean, emprestado pelo Corinthians para defender o Botafogo em 2018 e 2019. Hoje, Jean defende o Vitória, mas ainda pertence ao clube paulista.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Neste cenário o Corinthians ficaria com 50% dos direitos econômicos do jogador de 24 anos e o Botafogo manteria para si o resto da porcentagem, fazendo com que os dois tivessem partes iguais do atleta. Assim, mesmo sem ganhar agora, em uma possível venda futura, os cariocas ficariam com metade do valor da transferência do lateral. 

Segundo o Globoesporte.com, outros clubes, inclusive do exterior, fizeram sondagens pelo atleta, mas que, por ora, a única proposta que chegou nas mãos do vice-presidente comercial e de marketing do Botafogo, Ricardo Rotenberg foi a do clube paulista, apesar de ainda não existirem números na conversa. 

O sonho corinthiano de poder contar com Marcinho já antigo e, desta vez, embora considere que as negociações ainda estão no começo, o Timão está confiante com a transferência.

Em fase final da recuperação de uma cirurgia no joelho direito e sem jogar em 2020, o lateral-direito Marcinho chegaria para a posição ocupada por Fagner e desejada pelo reserva Michel Macedo.

Leia também