Corinthians marca no fim novamente e bate o Fortaleza em confronto direto no Brasileirão

·4 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Em confronto direto nas primeiras posição do Brasileirão, o Corinthians bateu o Fortaleza por 1 a 0, na Neo Química Arena, mais uma vez com gol no fim do jogo. Neste sábado, foi a vez de Cantillo, aos 41 minutos do segundo tempo, dar a vitória importante para o Alvinegro na busca por se aproximar do G4. Agora a distância para a equipe cearense é de apenas um ponto na tabela.


TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Velhos problemas no Timão e cearenses "se virando" com desfalques

O primeiro tempo começou agitado na Neo Química Arena, dando indícios (que não se confirmaram) de um jogo "lá e cá". Com cinco minutos, as duas equipes tiveram chance de abrir o placar. Primeiro o Fortaleza, que teve boa trama ofensiva, mas Robson não finalizou bem e mandou para fora. Em seguida, o Corinthians respondeu com Róger Guedes, que recebeu passe de Du Queiroz e chutou cruzado para o gol. A bola passou perto do gol, mas acabou saindo.

Dali em diante, o Timão passou a mostrar alguns velhos problemas, como a lentidão na saída de bola, a falta de intensidade nos combates e jogadores fora de suas funções. Nesse meio tempo, o Tricolor cearense perdeu David, machucado, e teve uma outra boa chance com Robson. Como resposta, aos 26 minutos, Róger Guedes cobrou escanteio e Gil tentou finalizar de cabeça no segundo pau, exigindo grande defesa de Marcelo Boeck, que salvou o gol.

Encaixotado pelo Fortaleza, o Corinthians tentou mudar o cenário explorando a individualidade dos jogadores, mas a dificuldade de impor velocidade nas jogadas facilitou o trabalho do adversário, que entrou em campo cheio de desfalques, mas ainda assim parecia ter a partida controlada e sem sofrer sustos. Dessa forma, o duelo foi para o intervalo com o placar em 0 a 0.

Novamente no fim, Corinthians busca o resultado e bate adversário direto

Na volta dos vestiários, Sylvinho sacou Gabriel Pereira e colocou Gustavo Mosquito em campo. A modificação trouxe um pouco mais de velocidade nos primeiros minutos pelo lado direito, mas foi pelo lado esquerdo, de onde veio a melhor chance do início do segundo tempo. Róger Guedes, que sofreu inúmeras faltas no setor, cobrou falta perigosa exigindo grande defesa de Marcelo Boeck, que após o desvio viu a bola ainda bater na trave.

Depois de 15 minutos, já com Cantillo em campo, o Corinthians melhorou e conseguiu ficar mais com o controle da partida, sem ser agredido pelo Fortaleza, que optou por segurar suas linhas e esperar o adversário. Entre os 20 e os 30 minutos, Fagner participou de duas jogadas: um cruzamento para Renato Augusto, que foi travado, e outro para Giuliano, que finalizou por cima.

Tentando pressionar o adversário, Sylvinho colocou Jô no lugar de Gabriel e Mosquito tentava na individualidade romper as linhas de marcação. Numa dessas oportunidades, ao ir para o fundo, foi parado por Boeck, que evitou o cruzamento. Minutos depois, o atacante fez nova jogada e tocou para Giuliano, que ajeitou para Renato Augusto chutar rasteiro, colocado, na trave.

O gol estava amadurecendo, dessa vez Gustavo Mosquito recebeu passe no meio da área de Renato Augusto e finalizou, mas por azar a bola bateu em um zagueiro e saiu. No entanto abrir o placar era questão de tempo. Em boa jogada, Cantillo tocou para Róger Guedes, que deu de calcanhar para Jô, que fez o pivô e rolou para o colombiano, na cara do gol para estufar a rede.

Aos 44 minutos, o Fortaleza ainda assustou com Matheus Vargas em chute forte de longa distância. Mas a atuação do time cearense no segundo tempo ficou muito abaixo e o Corinthians só precisou administrar o jogo para conquistar vitória importante na briga pelas primeiras posições do Brasileirão.

E agora?

Com o resultado, o Corinthians vai a 47 pontos e permanece na sexta colocação. Na próxima quarta-feira enfrenta o líder Atlético-MG, no Mineirão, às 19h, pela 31ª rodada do Brasileirão-2021. Já o Fortaleza, fica com 48 pontos e na quinta colocação. Também na quarta-feira, o Tricolor cearense vai receber o São Paulo, no Castelão, às 21h30, em outro duelo pela 31ª rodada.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 x 0 FORTALEZA
Local:
Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 6/11/2021 - 17h
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Público/renda: 36.059 pagantes/R$ 1.909.460,60
Cartões amarelos: Cantillo, Fagner e Róger Guedes (COR) Tinga, Robson, Lucas Lima e Felipe (FOR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Cantillo (41'/2ºT) (1-0)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel (Jô, aos 29'/2ºT) e Du Queiroz (Cantillo, aos 14'/2ºT); Gabriel Pereira (Gustavo Mosquito, no intevalo), Giuliano e Róger Guedes; Renato Augusto (Xavier, aos 45'/2ºT). Técnico: Sylvinho.

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benecenuto e Jackson; Matheus Vargas (Edinho, aos 45'/2ºT), Felipe, Ronald, Lucas Lima (Depietri, aos 45'/2ºT) e Bruno Melo; Robson (Henríquez, aos 23'/2ºT) e David (Romarinho, aos 24'/2ºT) (Igor Torres, aos 23'/2ºT). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos