Corinthians 'maquiou' contas de 2014 em R$ 328 milhões, afirma diretor

O Corinthians "maquiou" o balanço patrimonial de 2014 em R$ 328 milhões. Quem afirma é Emerson Piovezan, diretor financeiro do Timão, em carta enviada ao Conselho Deliberativo do clube, que foi publicada nesta sexta-feira pelo jornal "Folha de S.Paulo".

As contas do Timão em 2014 foram apresentadas com superávit de R$ 230,6 milhões. Porém, segundo Piovezan, houve déficit de R$ 97 milhões.

À época, o presidente alvinegro era Mário Gobbi, mas os números foram aprovados e publicados na gestão atual, de Roberto de Andrade.

Piovezan disse à "Folha de S.Paulo" que usou o termo "maquiado" de forma coloquial na carta enviada ao Conselho. Contudo, ele reconhece que a informação equivocada "distorceu a análise dos leitores do balanço".

– Ele escreveu uma carta ao Conselho Deliberativo. Eu vou me defender também por carta ao Conselho. Posso dizer que discordo 100% de tudo o que ele escreveu e vou esclarecer isso no momento apropriado – declarou Raul Corrêa da Silva, diretor financeiro do Corinthians em 2014.








E MAIS: