Corinthians 'ideal' vence Luverdense e encaminha vaga na Copa do Brasil

Guilherme Amaro

O técnico Fabio Carille repetiu pela primeira vez a equipe na temporada, e o Corinthians “ideal” não teve trabalho para vencer o Luverdense por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, na Arena Pantanal (MT), pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Com isso, o Timão agora tem boa vantagem para a partida de volta, na próxima quinta-feira, às 19h30, na Arena.

O meio de campo corintiano dominou as ações no primeiro tempo. A linha de quatro atrás de Jô conseguia boas trocas de passes e ainda contava com o apoio dos laterais. O Luverdense, por sua vez, praticamente não chegava ao ataque.

Em uma dessas jogadas, o Corinthians abriu o placar. Jadson iniciou pela direita, e a bola chegou até o lateral-esquerdo Guilherme Arana, que tabelou com Romero e cruzou para Rodriguinho marcar. Boa troca de passes que mostrou evolução do sistema ofensivo, o principal objetivo de Carille para os próximos jogos.

O Luverdense não teve nem tempo de absorver o gol antes de sofrer o segundo. Após cruzamento de Fagner e desvio da zaga, Maycon ajeitou de peito e Gabriel chutou sem dominar e marcou seu primeiro gol pelo Timão. O lance foi polêmico: o assistente anotou impedimento porque Jô estava à frente e abaixou para não pegar na bola, mas o árbitro Leonardo Cavaleiro assumiu a responsabilidade e validou o gol corretamente.

O Corinthians continuou pressionando, mas viu o Luverdense acordar nos minutos finais sem muita organização. No início do segundo tempo, a equipe da casa voltou a assustar, desta vez com muito mais perigo. Cássio apenas torceu em dois chutes que foram para fora.

No Timão, apagado na etapa final, entraram Kazim, Léo Jabá e Marlone. Mas a equipe não conseguia repetir as boas jogadas do primeiro tempo. Talvez até pelo desgaste físico por conta da maratona de jogos em duas competições.

Enquanto isso, o Luverdense continuava a assustar como poucos conseguiram diante do sólido sistema defensivo corintiano. Na principal oportunidade, Erik apareceu sozinho e cabeceou na trave. Porém, a equipe ficou no “quase” e precisará praticamente de um milagre na semana que vem para avançar.

O jogo desta quinta-feira deixou o Corinthians com a classificação bastante encaminhada. E também mostrou ao técnico Fabio Carille que o Timão “ideal” pode dar alegrias em 2017.

FICHA TÉCNICA
LUVERDENSE 0 X 2 CORINTHIANS
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data-Hora: 9/3/2017 - 21h30
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ).
Público/renda: 13.248 pagantes/R$ 807.710,00
Cartões amarelos: Paulinho e Marcos Aurélio (LUV); Balbuena (COR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Rodriguinho (20'/1ºT) (0-1), Gabriel (24'/1ºT) (0-2)

LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan, Neguete, Dalton e Paulinho; Ricardo, Diogo Sodré (Rodrigo Fumaça, aos 16'/2ºT) e Marcos Aurélio; Rafael, Erik (Café, aos 33'/2ºT) e Macena (Kazu, aos 25'/2ºT). Técnico: Odil Soares.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel; Jadson (Marlone, aos 26'/2ºT), Maycon, Rodriguinho e Romero (Léo Jabá, 28'/2ºT); Jô (Kazim, aos 19'/2ºT). Técnico: Fabio Carille.




























E MAIS: