Corinthians faz coletivo e trabalha bolas paradas de olho no Dérbi


Na manhã deste domingo, no CT Joaquim Grava, o Corinthians realizou mais um treino preparatório para a reestreia do clube no Campeonato Paulista de 2020, que acontece na próxima quarta-feira, às 21h30, na Arena, diante do Palmeiras, pela 11ª rodada da fase de grupos da competição estadual.

Sob o comando dos preparadores físicos, os atletas iniciaram o dia com o tradicional "bobinho" e um aquecimento. Depois, já entregues ao técnico Tiago Nunes, participaram de um coletivo. Além disso, os jogadores treinaram bolas paradas, como escanteios e faltas laterais, tanto ofensivas quanto defensivas.

O meio-campista Cantillo foi o único desfalque no treino. Ele segue em recuperação após ser diagnosticado com COVID-19. O atacante Léo Natel, apresentado na última semana, segue realizando trabalho físico com a equipe de preparação e sua participação no clássico é improvável. Pedro Henrique e Richard, ambos em negociação com o Athletico-PR, continuam treinando no CT.

Vale lembrar que conforme o protocolo de saúde para esta retomada, os profissionais de imprensa não podem acompanhar os treinamentos no CT. Mesmo assim, uma provável equipe titular para quarta-feira, já contando com a saída do zagueiro Pedro Henrique, é: Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Sidcley; Gabriel, Camacho, Ramiro e Luan; Everaldo e Boselli.

Gabriel deve ser o substituto de Cantillo no meio-campo, enquanto Bruno Méndez é o favorito para assumir a titularidade da zaga ao lado de Gil, caso Pedro Henrique não atue contra o rival. No ataque, sem Yony González, Everaldo jogará pelo lado esquerdo e Boselli estará na referência. Ainda que Jô consiga ser inscrito a tempo, deverá ficar como opção no banco de reservas.

Nesta segunda-feira, a equipe de Tiago Nunes treina novamente de olho no Dérbi. O horário da atividade ainda será confirmado pelo clube. Para conquistar uma vaga nas quartas de final do Paulistão, o Corinthians precisa vencer seus dois últimos jogos na competição e ainda torcer para que o Guarani não pontue nessas duas rodadas finais da fase de grupos do estadual.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também