Corinthians empata com Luverdense e avança na Copa do Brasil

DASSLER MARQUES

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Depois de uma classificação dramática contra o Brusque, pela segunda fase, o Corinthians passou sem sobressaltos pelo Luverdense, nesta quinta-feira (16), em Itaquera. Mas, para os torcedores que esperavam por muitos gols e uma grande atuação depois da vitória por 2 a 0 no jogo de ida, não foi o que ocorreu. Com gol de Jô, os corintianos empataram em 1 a 1. Ricardo marcou para os visitantes.

O Corinthians até fez um bom jogo e merecia a vitória, mas perdeu gols em profusão: Jadson, Kazim, Pablo e Guilherme Arana desperdiçaram ótimas oportunidades e deixaram o placar mais magro que o esperado.

A próxima etapa na Copa do Brasil será a quarta fase, último estágio antes das oitavas de final. O adversário do Corinthians na quarta fase será definido nesta sexta-feira às 14h30. O sorteio na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) vai definir os cinco confrontos os mandos de campo.

Nesse momento não parece haver mais dúvidas sobre quem é o titular da posição de centroavante. Em crescimento desde o gol feito diante do Palmeiras, quando perdeu a vaga para Kazim, Jô novamente atuou muito bem: seja por viver ótima fase técnica, por se dedicar em campo ou, principalmente, por ir às redes. Ele marcou nesta quinta e chegou a quatro na temporada.

Com muita liberdade para se movimentar e infiltrar, Rodriguinho criou os melhores lances do Corinthians na partida e parece cada vez melhor afinado com Jadson. Faltou só caprichar mais nas finalizações para sair da partida com a moral ainda mais elevada. Assinará novo contrato nas próximas horas.

Macena, centroavante do Luverdense, levou pouco perigo apesar de não ter se entregado em nenhum momento. Enquanto Marcos Aurélio e Erick se movimentaram bastante, Macena não conseguiu ameaçar Cássio.

A comissão técnica tem descanso programado para vários atletas no próximo fim de semana, em que o Corinthians visita a Ferroviária. Nomes como Guilherme Arana, Rodriguinho, Maycon, Jadson e Jô deverão ser resguardados pelo líder do Paulista. A formação completa só atuará na quinta que vem, em Itaquera, diante do Red Bull.

De volta ao Corinthians nesta quinta, Romero teve mais uma atuação marcada pela competitividade que a torcida adora. Na próxima semana, ele estará a serviço da seleção paraguaia para jogar, justamente, no Itaquerão contra o Brasil. Vale lembrar que o atacante, com 16 gols, é o artilheiro do estádio corintiano.

Apresentada minutos antes da partida, a Alcatel já estampou a camisa do Corinthians no confronto. Fabricante de telefones celulares, a nova parceira pagará R$ 3,5 milhões por um ano de contrato para estampar o ombro do uniforme alvinegro.

O técnico Fábio Carille manteve o rodízio de capitães no time corintiano, assim como Tite fazia quando comandava a equipe paulista. Dessa vez, o volante Gabriel levou a faixa no braço. Autor de um gol no jogo de ida, o jogador desempenhou esse papel pela primeira vez.

O Corinthians voltou a jogar às 19h30 em um dia de semana. Há exato um mês, apenas 11.708 assistiram à vitória por 1 a 0 sobre o Novorizontino. Nesta quinta-feira, o público foi bem melhor: 25.082 pagaram ingresso na Arena Corinthians.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel; Jadson (Giovanni Augusto), Rodriguinho, Maycon e Romero (Marlone); Jô (Kazim)

T.: Fábio Carille

LUVERDENSE

Diogo Silva; Aderlan, Neguete, Dalton e Paulinho; Ricardo, Diogo Sodré (Abner) e Erik; Rafael Silva, Macena (Café) e Marcos Aurélio (Kazu)

T.: Odil Soares

Estádio: Itaquerão, em São Paulo

Público/renda: 25.082 / R$ 941.324,10

Árbitro: Paulo Schleich Vollkopf (MS)

Cartões amarelos: Dalton e Neguete (L)

Gols: Jô (C), aos 29 min do 1º tempo; Ricardo (L), aos 26 min do 2º tempo