Corinthians empata com Atlético-GO e freia reação no Brasileiro

LUCIANO TRINDADE
·3 minuto de leitura
GO - Goiania - 07/11/2020 - BRASILEIRO A 2020 ATLETICO-GO X CORINTHIANS - Cassio  jogador do Atletico-GO disputa lance com Oliveira  jogador do Corinthians durante partida no estadio Olimpico pelo campeonato Brasileiro A 2020. Foto: Heber Gomes/AGIF /Folhapress
GO - Goiania - 07/11/2020 - BRASILEIRO A 2020 ATLETICO-GO X CORINTHIANS - Cassio jogador do Atletico-GO disputa lance com Oliveira jogador do Corinthians durante partida no estadio Olimpico pelo campeonato Brasileiro A 2020. Foto: Heber Gomes/AGIF /Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians empatou com o Atlético-GO neste sábado (7), por 1 a 1, em Goiânia, e perdeu a chance de se aproximar da zona de classificação para a Libertadores na tabela do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe corintiana soma 25 pontos, na nona posição do Nacional, cinco pontos atrás do Santos, atualmente o sexto colocado, dono de uma vaga na fase preliminar do torneio continental. O time da Baixada Santista ainda joga nesta rodada, contra o Bragantino, neste domingo.

O jogo em Goiânia marcou o reencontro do técnico Vagner Mancini com sua ex-equipe. O treinador estava no Atlético-GO quando aceitou o convite do clube do Parque São Jorge no dia 12 de outubro. E foram os donos da casa que abriram o placar, com Oliveira. Fábio Santos deixou tudo igual.

Este foi também o primeiro compromisso do Corinthians após a queda do time na Copa do Brasil, no meio de semana, quando acabou eliminado nas oitavas de final pelo América-MG. Depois de perder o jogo de ida em casa por 1 a 0, o alvinegro empatou fora por 1 a 1.

Assim como diante dos mineiros, a falta de criatividade ofensiva era o maior obstáculo dos corintianos na busca por mais três pontos no Nacional. Escalado como titular pela primeira vez com Mancini, Luan ficou isolado no meio de campo durante boa parte do jogo, enquanto o time insistia em buscar as laterais para descolar cruzamentos.

Até os 40 minutos do primeiro, o Corinthians não havia criado nem sequer uma chance clara de gol. Seu primeiro lance de perigo foi originado por erro da defesa do Atlético-GO, em uma saída de bola, que deixou Davó cara a cara com o goleiro. O atacante, porém, desperdiçou.

No lance seguinte, em cobrança de escanteio, os donos da casa abriram o placar, com um gol de Oliveira.

A reação dos corintianos veio só depois do intervalo, aos 11 minutos, quando Fagner sofreu pênalti e o também lateral Fábio Santos converteu a cobrança, 1 a 1.

Com mudanças em sua formação, principalmente com a entrada de Everaldo, o time alvinegro passou ter mais volume de jogo ofensivo e chegou a ter a chance da virada nos pés de Davó, que falhou novamente na finalização após passe de Luan.

O Atlético, por sua vez, tinha dificuldade para encaixar seus contra-ataques e o placar de igualdade se manteve até o fim da partida.

O Corinthians volta a campo agora no próximo sábado (14), quando vai enfrentar o Atlético-MG, em casa, na Neo Química Arena. Já os goianos vão enfrentar o Flamengo, também no sábado, no Rio.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 1 x 1 CORINTHIANS

Local: Olímpico, em Goiânia (GO)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RJ)

Assistentes: Leirson Peing Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Cartão amarelo: Bruno Méndez (no banco), Xavier, Otero, Gabriel (Corinthians); Gilvan, Lucas Oliveira, Natanael (Atlético-GO)

Gol(s): Lucas Oliveira (Atlético-GO), aos 41 minutos do 1º tempo, e Fábio Santos (Corinthians), aos 11 minutos do 2º tempo.

ATLÉTICO-GO

Jean; Dudu, Lucas Oliveira, Gilvan e Nicolas (Natanael); Marlon Freitas, Willian Maranhão e Matheus Vargas (Wellington Rato); Ferrareis, Chico e Zé Roberto. Técnico: Eduardo Souza.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Fábio Santos; Gabriel (Camacho), Xavier (Gustavo Silva), Ramiro (Éderson), Otero (Everaldo) e Luan; Matheus Davó (Léo Natel). Técnico: Vagner Mancini.