Corinthians e Zenit encaminham divisão de percentual entre Yuri Alberto e Robert Renan

Robert Renan e Yuri Alberto durante treinamento do Corinthian (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


O Corinthians deve ficar com 50% dos direitos econômicos do atacante Yuri Alberto, que está sendo comprado em definitivo pelo clube alvinegro. Para viabilizar o negócio, o zagueiro Robert Renan terá o mesmo percentual cedido ao Zenit, da Rússia. Outro atleta corintiano que será ‘incluído no pacote’ é o volante Du Queiroz, que também será negociado com o time de São Petersburgo.

O Zenit possui 90% dos direitos de Yuri Alberto, que está emprestado ao Corinthians desde junho, mas será adquirido definitivamente antes do fim da cessão. Os russos vão manter 30% do atleta, já que o empresário André Cury, que intermediou o negócio com os corintianos, deve ficar com 10% dos direitos do jogador.

+ Pelé é homenageado ao redor do Mundo; veja imagens
+ Veja as movimentações do mercado da bola no 'Vaivém' do LANCE!

Se confirmada a divisão, o atacante ficará ‘fatiado’ da seguinte forma: 50% do Corinthians, 30% do Zenit, 10% de André Cury, e 10% do próprio atleta e os seus representantes.

O desejo de Yuri Alberto em permanecer no Timão pesou para a evolução no negócio. Ele aceitou reduzir R$ 800 mil mensais do seu salário para ficar na equipe alvinegra. O valor de R$ 1,2 milhão que receberá por mês será o mesmo que o jogador já tem ganhado, durante o período em que está emprestado ao Coringão, mas inferior aos R$ 2 milhões que recebia no tempo em que jogou pelo Zenit. O contrato com o Time do Povo será assinado com validade até o fim de 2027.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os primeiros jogos da competição estadual

Robert Renan também firmará um acordo por cinco temporadas, mas com o Zenit. Inclusive, o atleta já viajou até a Rússia para assinar o contrato. Ele receberá 700 mil euros por ano (R$ 3,9 mi, na cotação atual), o que significa R$ 325 mil por mês, além de bonificações.

O Corinthians detém 55% dos direitos de Robert e permanecerá com 5%. Assim, o Zenit ficará com 50%, o Novorizontino, equipe onde Renan iniciou a sua trajetória no futebol, manterá os seus 20%, e os 25% restantes ficarão com o atleta e os seus representantes.

A situação envolvendo a ida de Du Queiroz para o futebol russo está menos adiantada do que a de Robert Renan. Ainda assim, a tendência é que o negócio siga a linha de cessão de 50% dos direitos ao Zenit. Neste caso, o Timão manteria 40% do jogador.

A tendência é que o negócio seja fechado definitivamente nos primeiros dias de janeiro. A expectativa é que os clubes anunciem a troca na próxima terça-feira (3).