Corinthians e Vítor Pereira são advertidos por descumprirem regras da Conmebol

Vítor Pereira durante a partida contra o Always Ready (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)


A Comissão Disciplinar da Conmebol advertiu o Corinthians e o técnico Vítor Pereira por descumprirem uma série de regras estabelecidas pela entidade na partida da primeira rodada da Libertadores, quando o Timão foi derrotado por 2 a 0 contra o Always Ready-BOL, em La Paz.

> GALERIA - Fotos da nova camisa do Corinthians, que faz homenagem a 2012

Segundo a Conmebol, Vítor, e por consequência o clube, infringiram o artigo 5.1.11.6, numeral 2 do manual de competições da Conmebol. O artigo informa que caso os atletas não retornem do intervalo no tempo estabelecido, o time e o técnico da equipe serão advertidos.

O Alvinegro também foi advertido por descumprir os artigos 5.3.2; 5.3.3.2 e 7.3.4.5. O primeiro diz respeito à chegada do time na cidade em que a partida será realizada. O clube deve chegar no local da partida pelo menos 24 horas antes do jogo.

Contudo, em casos onde o jogo é disputado em uma cidade que está dois mil metros acima do nível mar, o visitante pode chegar até seis horas antes da partida, como foi o caso contra o Always Ready, já que La Paz, local da partida, está situada 3.625 metros acima do nível do mar. Mesmo assim, o clube brasileiro descumpriu a regra.

O outro item do mesmo artigo no qual o time do Parque São Jorge foi notificado fala sobre uma reunião no dia da partida, pela manhã, onde é obrigatório a presença de um chefe de imprensa, oficial de segurança, um representante da parte médica do clube, um membro da área técnica e um responsável por questões administrativas do clube.

A ausência de um desses integrantes causa a advertência. No entanto, o comunicado emitido pela Conmebol não informa quem deixou de participar da reunião

> TABELA - Confira a tabela e simule os jogos do Timão na Libertadores

Já o artigo 7.3.4.5 diz que os times devem iniciar a coletiva de imprensa aproximadamente 15 minutos após o término da partida, com a presença obrigatório do treinador e um jogador. No entanto, o comunicado emitido pela entidade não especifica qual das partes desse artigo o Timão infringiu.

Caso o Corinthians volte a descumprir qualquer um dos artigos citados, o clube pode ser multado em cinquenta mil dólares (aproximadamente R$ 247.000 na cotação atual) por cada artigo infringido.

O Timão tem o duelo pela Copa Libertadores na quarta-feira (4), às 21h (de Brasília), contra o Deportivo Cali, na Colômbia. A presença de Vítor Pereira à beira do gramado ainda é incerta.

VEJA NA ÍNTEGRA O COMUNICADO EMITIDO PELA COMISSÃO DISCIPLINAR DA CONMEBOL

"O Juiz Único da Comissão Disciplinar da CONMEBOL
RESOLVE

1º. APERCEBER formalmente o senhor VITOR DE OLIVEIRA LOPES PEREIRA, pela infração ao artigo 5.1.11.6 numeral 2) do Manual de Clubes da CONMEBOL Libertadores. Em caso de reiteração de uma
nova infração desta natureza na CONMEBOL Libertadores 2022 será sancionado conforme o estabelecido no Manual.

2º. IMPOR ao SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA uma ADVERTÊNCIA pela infração aos artigos 5.1.11.6 numeral 2), 5.3.2, 5.3.3.2 e 7.3.4.5 do Manual de Clubes da CONMEBOL Libertadores 2022, e ao artigo 12.2 literal h) do Código Disciplinar da CONMEBOL.

3º. ADVERTIR expressamente o SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA que, em caso de reiteração de qualquer infração à disciplina esportiva de igual ou similar natureza na qual causou o presente procedimento, será aplicado o disposto no Art. 31 do Código Disciplinar da CONMEBOL e as consequências que do mesmo possam advir.

4º. NOTIFICAR o senhor VITOR DE OLIVEIRA LOPES PEREIRA e o SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA."

Contra esta decisão não cabe recurso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos