Corinthians divulga imagens de seus atletas treinando durante isolamento


Enquanto o Corinthians faz apelo aos seus torcedores para ficar em casa, seus atletas demonstram estar cumprindo fielmente as recomendações deste período. Na última segunda-feira, foi a vez de o clube divulgar imagens de dois jogadores treinando em suas residências em à pandemia de coronavírus. São os casos do goleiro Guilherme e do zagueiro Pedro Henrique.

O defensor aparece treinando sozinho no que parece ser um espaço de sua casa dedicado a atividades físicas. O exercício realizado pelo atleta é de agachamento com barra. Pedro é titular absoluto da zaga corintiana nesta temporada ao lado de Gil e disputou todos os 10 jogos oficiais do clube antes da paralisação das competições. No ano passado, ele foi emprestado ao Athletico-PR, que era treinado por Tiago Nunes, atual comandante do Timão.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Já o arqueiro Guilherme aparece treinando com bola com o auxílio de outra pessoa. A curiosidade é que o exercício intercala bola de futebol e de futebol americano. Com o pé ele devolve a bola de futebol e com a mão ele segura a bola de futebol americano. Enquanto isso faz o movimento de corrida sem sair do lugar de costas para seu auxiliar e vira de frente na hora do chute.

Guilherme foi o goleiro do Corinthians na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, na qual o time foi eliminado na semifinal pelo Internacional. Integrado ao elenco profissional, ele foi relacionado para o banco de reservas na partida diante do Santo André, pelo Campeonato Paulista, quando Cássio estava suspenso e Walter assumiu a titularidade.

Durante esse período de paralisação das atividades no clube e no CT Joaquim Grava, o Corinthians recomendou a seus atletas que permaneçam em suas casas e não deixem de praticar atividades físicas. A orientação foi também direcionada aos hábitos alimentares e de higiene do elenco. Não há prazo definido para a volta aos treinamentos. Essa situação será discutida diante de como estará a situação da pandemia de coronavírus no país.


Leia também