Corinthians desiste de contratar auxiliar técnico Rodrigo Santana

Rodrigo Santana participou de atos anti-democráticos (Divulgação/Coritiba)


Rodrigo Santana foi anunciado como auxiliar técnico da comissão de Fernando Lázaro pelo Corinthians nesta segunda-feira (5). Nesta terça-feira (6), o Timão desistiu e anunciou que o profissional não fará mais parte da equipe.

Ao que tudo indica, motivações políticas foram a maior justificativa da decisão. Rodrigo Santana postou fotos e marcou presença em atos anti-democráticos após a eleição de Luís Inácio Lula da Silva, contestando o resultado das urnas - o que vai totalmente contra a filosofia do 'Time do Povo' e de movimentos históricos do clube, como a 'Democracia Corinthiana'.

Artilheiros da Copa do Mundo 2022: veja lista de jogadores que marcaram

Veja tabela da Copa do Mundo e simule os próximos jogos

Alguns torcedores já haviam se manifestado contra a presença de Rodrigo Santana na comissão do Timão para a próxima temporada. Além disso, foi constatado que, ao entrar nas redes sociais do ex-técnico do Atlético-MG, é notificado que a conta de seu Instagram 'publicou repetidamente informações falsas que feriram as Diretrizes da Comunidade'.

Além de Rodrigo Santana, o Corinthians também anunciou o auxiliar Thiago Larghi e o preparador físico Flávio de Oliveira - ambos com passagens antigas pelo Timão.

Veja o pronunciamento oficial do Corinthians:

O Sport Club Corinthians Paulista informa que o auxiliar Rodrigo Santana não fará parte da comissão técnica do futebol profissional para a temporada 2023.

O clube e o profissional, em comum acordo, optaram por não dar seguimento à contratação.