Corinthians conta com a 'lei do ex' para quebrar jejum contra o Palmeiras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
SÃO PAULO, SP, 25.09.2021 – CORINTHIANS-PALMEIRAS: Roger Guedes, do Corinthians, comemora seu gol - Partida entre Corinthians e Palmeiras, válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2021, realizada na Neo Química Arena, em Itaquera, zona leste de São Paulo, na noite deste sábado. (Foto: Ettore Chiereguini/Agif/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 25.09.2021 – CORINTHIANS-PALMEIRAS: Roger Guedes, do Corinthians, comemora seu gol - Partida entre Corinthians e Palmeiras, válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2021, realizada na Neo Química Arena, em Itaquera, zona leste de São Paulo, na noite deste sábado. (Foto: Ettore Chiereguini/Agif/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians venceu o Palmeiras por 2 a 1 neste sábado (25), na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro, com dois gols do ex-palmeirense Róger Guedes.

Gabriel Menino descontou para o time alviverde, que pode ver o Flamengo encostar de vez na tabela se vencer o América-MG neste domingo (26). O time paulista, segundo colocado do Nacional, tem 38 pontos, enquanto o carioca, o terceiro, possui 34, mas com três jogos a menos.

O Corinthians não levava a melhor sobre o Palmeiras havia sete jogos. A então última vez fora no dia 22 de julho de 2020, vitória por 1 a 0 pelo Campeonato Paulista. Desde então, foram quatro empates e três derrotas para o rival.

Sylvinho e Abel Ferreira apostaram em times com o meio de campo mais leve, o que tornou o clássico mais agradável. O corintiano colocou Cantillo no lugar de Gabriel, suspenso. Já o Palmeirense escalou Gustavo Scarpa, líder de assistência da equipe (16), Patrick de Paula e Danilo.

Enquanto o Palmeiras buscava ganhar a bola e retê-la no campo de ataque, o Corinthians recorria a Willian e Renato Augusto para tentar se desvencilhar da marcação. Aos 19 minutos, Giuliano recebeu de Renato Augusto e, de primeira, passou para Róger Guedes, que contou com falha de Luan dentro da área, para abrir o placar ainda no primeiro tempo. Nos acréscimos, Gabriel Menino aproveitou rebote em cobrança de escanteio e, de fora da área, soltou uma bomba para empatar.

Na etapa final, a partida perdeu um pouco do ritmo. Giuliano e Gabriel Veron tiveram boas chances, mas pararam nas mãos de Weverton e Cássio, respectivamente. Mas, aos 38, Róger Guedes driblou Gabriel Menino e encheu o pé para garantir a vitória.

Ao quebrar essa invencibilidade do arquirrival, Sylvinho deixa o clássico com alívio para dar sequência ao seu trabalho no Parque São Jorge.

Com o resultado, o Corinthians chegou aos 33 pontos e dormiu na sexta colocação da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Vitinho), Giuliano, Renato Augusto (Du Queiroz), Willian (Jô) e Gabriel Pereira (Gustavo Mosquito); Róger Guedes. Técnico: Sylvinho

PALMEIRAS

Weverton; Gustavo Gómez, Luan e Renan; Gabriel Menino, Patrick de Paula (Zé Rafael), Danilo, Gustavo Scarpa, Dudu (Willian) e Wesley (Gabriel Veron); Luiz Adriano (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira

Local: Neo Química Arena, em São Paulo

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Fagner (C); Patrick de Paula (P)

Gols: Róger Guedes, aos 19min, e Gabriel Menino, aos 46min do primeiro tempo; Róger Guedes, aos 38min do segundo tempo (Corinthians);

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos