Corinthians com Marquinhos e Mosquito juntos? Sylvinho sinaliza que pode usar sistema mais ofensivo

·3 minuto de leitura


Uma das principais reivindicações da torcida do Corinthians em relação ao trabalho de Sylvinho é uma postura mais consistente no setor ofensivo. Algo que deu sinais de mudança no empate em 1 a 1 com o Internacional, no último sábado. E se depender do treinador alvinegro, alguns passos a mais poderão ser dados nesse sentido, inclusive com Marquinhos e Mosquito juntos.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Jemerson e Otero dão adeus! Veja quem já deixou o clube nesta temporada

Até aqui, em 11 jogos sob o comando de Sylvinho, o Timão marcou apenas sete gols, média de 0,64 por partida, índice bem abaixo do esperado para um clube dessa grandeza. No entanto, nunca foi escondido que a prioridade seria arrumar a defesa e depois estruturar o ataque. Agora, com o setor defensivo bem consistente, parece ser a hora de aperfeiçoar o time do meio para frente.

Uma dessas experiências pode ser a junção de dois jogadores de características parecidas como Gustavo Mosquito e Marquinhos. Em dois jogos desde o retorno do ex-Sport, eles não atuaram juntos, já que um saiu para o outro entrar durante as partidas. Em entrevista coletiva no último sábado, Sylvinho sinalizou que busca esse tipo de conexão e deve testar essa possibilidade.

- Claro que podem (jogar juntos), eu não sou partidário de uma ideia de que atletas não podem jogar juntos, nunca fui. É um sistema, é muito complexo um time de futebol, tem que buscar peças e os atletas, eles se completam, parte desse trabalho é nosso, evidentemente, de dar uma preparação coletiva para o grupo e também a resposta vem do atleta individualmente, emprestando seu talento, suas condições para dentro do sistema - explicou o técnico.

Embora a tendência seja de desenvolver melhor o setor ofensivo, Sylvinho pregou cautela quanto ao que se viu no segundo tempo contra o Inter, quando o volume de ataque empolgou o torcedor. Segundo o comandante, aquilo foi uma circunstância do jogo e, às vezes, a inclusão de peças mais ofensivas pode não dar o resultado esperado e ainda desequilibrar todo o time.

- Foi uma busca incessante de um empate e de uma vitória que nós acreditávamos nela sinceramente, foi o que falamos no intervalo. Depende da circunstância do jogo, do momento da competição, pode sim, sempre bom, desde que, volto a dizer, potencialize o time. Muitas vezes você coloca algumas peças ofensivas, perde o setor de meio-campo, enfraquece, perde sustentação e você não consegue nem atacar, e fica mais vulnerável defensivamente. Então é tudo muito complexo e a gente tem que potencializar quando isso for necessário e nós tivermos que fazer para potencializar o time, melhor.

As mudanças pode começar a serem trabalhadas já nesta segunda-feira, quando o elenco se reapresenta após descanso no domingo para começar a se preparar para enfrentar a Chapecoense, na próxima quinta-feira, às 21h, na Arena Condá, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro de 2021.

Montagem - Marquinhos e Mosquito - Corinthians
Montagem - Marquinhos e Mosquito - Corinthians

Marquinhos e Mosquito juntos? (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos