Corinthians carimba faixa do Flamengo e garante vaga direta na Libertadores

RIO DE JANEIRO, RJ, E BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Mais de 60 mil torcedores compareceram ao Maracanã para prestigiar o Flamengo, que no último sábado (29) conquistou a Copa Libertadores pela 3ª vez. Se o clima era de muita festa entre os rubro-negros, o Corinthians não foi para o Rio de Janeiro para comemorar, foi para buscar uma das vagas na edição 2023 da Libertadores. E conseguiu. Com gols de Du Queiroz e Yuri Alberto a equipe alvinegra venceu por 2 a 1, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Corinthians está classificado para a fase de grupos do torneio continental e de quebra ainda carimbou a faixa do campeão da América.

Com o triunfo o Corinthians chegou aos 61 pontos e não pode ser mais alcançado pelo Atlético-MG, que está na 7ª colocação. Apesar de o Galo ainda ter chance de terminar o Brasileiro com 61 pontos, o clube mineiro não consegue alcançar o time pelo número de vitórias. Além do mais, vencer o Flamengo no Maracanã 15 dias depois do confronto pela final da Copa do Brasil tem um gostinho de revanche.

O JOGO

Sem contar com os titulares, o Flamengo não fez um jogo ruim diante do Corinthians. O goleiro Cássio fez boas defesas e o ataque formado por Matheus França, Marinho e Everton Cebolinha deu muito trabalho para a defesa adversária. Mas querendo ou não, um jogo quatro dias depois de conquistar a Libertadores e contra um adversário de qualidade tem seu preço.

Nas vezes que a defesa rubro-negra vacilou o Corinthians soube aproveitar. Mas como o clima no Maracanã, a atuação do time ficou em segundo plano para os mais de 60 mil torcedores que estiveram no estádio.

Sem Vítor Pereira à beira do gramado, suspenso, Filipe Almeida foi quem deu as ordens ao time corintiano. A equipe do Parque São Jorge foi a campo com o esquema 4-3-3, tendo o setor ofensivo formado por Giuliano, Mateus Vital, Yuri Alberto e Róger Guedes. O time se portou bem defensivamente, e criou algumas chances. Em uma delas, Du Queiroz abriu o placar quase no fim do primeiro tempo.

Logo depois da volta do intervalo, o Fla achou espaço pela direita no sistema defensivo do Corinthians e abriu o placar. Na etapa final, inclusive, o time paulista sofreu mais na marcação e na transição ao ataque. Porém, em uma jogada de Méndez, Yuri Alberto recebeu em meio à marcação, dominou e bateu na saída de Hugo.

A Gaviões da Fiel e outras organizadas do Corinthians estiveram presentes no Maracanã sem maiores problemas após furarem os bloqueios dos caminhoneiros na estrada. Segundo integrantes das torcidas, eles passaram por duas e não tiveram maiores atritos com as lideranças. Algumas faixas de bolsonaristas foram arrancadas e deixadas no caminho.

Antes de a bola rolar, os jogadores que foram poupados da partida entraram em campo com os troféus da Libertadores e da Copa do Brasil conquistados recentemente. Eles posaram para fotos e os levaram para próximo da torcida, levando os rubro-negros à loucura e aos gritos de "tricampeão".

Poupados da partida contra o Corinthians, Gabigol, Diego Ribas e Léo Pereira não comparecem ao Maracanã para prestigiar o jogo. O restante dos atletas que não foram relacionados estiveram presentes e levaram os troféus da Libertadores e da Copa do Brasil para uma volta olímpica no gramado antes da bola rolar. A assessoria de imprensa do clube não informou o motivo do não comparecimento do trio.

Empolgados, os torcedores do Flamengo deram um recado ao Real Madrid, clube espanhol campeão da Champions League e que garantiu vaga no Mundial Interclubes de 2023. Os rubro-negros entoaram o grito de "Real Madrid, pode esperar, a sua hora vai chegar".

Vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz havia puxado esse cântico no vestiário do elenco logo após a conquista da Libertadores no estádio Monumental, em Guayaquil (EQU).

Como forma de comemorar o título da Libertadores, uma boa parte dos jogadores do Flamengo "nevou" o cabelo. A expressão, utilizada por jovens, se refere ao ato de descolorir os fios com um loiro esbranquiçado. Os que mais chamaram atenção foram o zagueiro David Luiz, com seus cachos, e o goleiro Santos, de personalidade mais introvertida.

Do lado de fora do Maracanã, muitos ambulantes vendiam a faixa de tricampeão da Libertadores. Os adereços estavam saindo ao preço de R$ 5 e tinham diversos modelos. Mesmo com a chuva, as vendas foram altas.

Quando Rodinei entrou em campo no segundo tempo, a torcida do Flamengo, em alto e bom som, cantou: "Fica, Rodinei! Fica, Rodinei!".

O contrato do lateral direito se encerra no fim desta temporada e, a princípio, não será renovado.

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Daniel Nobres Bins (VAR-Fifa/RS)

Cartões amarelos: Roni (COR)

Gols: Du Queiroz aos 42 min do 1º tempo; Matheus França aos 3min e Yuri Alberto aos 30min do 2º tempo

FLAMENGO

Hugo; Matheuzinho, Pablo, Fabrício Bruno e Ayrton Luca;, Pulgar (João Gomes), Vidal e Victor Hugo (Everton Ribeiro); Marinho (Matheus Gonçalves), Cebolinha (Rodinei) e Matheus França (Mateusão). T.: Dorival Júnior

CORINTHIANS

Cássio; Bruno Mendez (Fagner), Balbuena Robert e Fábio Santos; Fausto, Du Queiroz (Roni) e Giuliano (Gil); Mateus Vital (Ramiro), Róger Guedes (Renato Augusto) e Yuri Alberto. T.: Filipe Almeida