Corinthians busca atacante da Ponte, mas admite conversas após o Paulista

Fábio Suzuki e Gabriel Carneiro

Em planejamento para seus compromissos do segundo semestre, o Corinthians busca um atacante de velocidade no mercado e já abriu conversas com Clayson, atualmente na Ponte Preta. O jogador de 22 anos é um dos destaques do Campeonato Paulista, torneio em que a equipe de Campinas faz campanha surpreendente, classificado para as semifinais, quando terá o Palmeiras pela frente. Clayson é um nome que agrada à comissão técnica do Corinthians e o interesse já é admitido até mesmo publicamente.

- Houve uma conversa, mas não posso dizer que já estamos negociando - diz Flávio Adauto, diretor de futebol do Corinthians.

Apesar de admitir a consulta, o dirigente corintiano mantém a versão de que não há conversas adiantadas sobre o interesse em Clayson. E a razão para este fato é simples: concentrada na disputa dos confrontos eliminatórios do Campeonato Paulista, a Ponte Preta não deseja concluir qualquer negociação envolvendo jogadores ao menos até o fim do Estadual, em maio. A ideia do clube de Campinas é, dependendo do seu rendimento no torneio, valorizar o jogador de 22 anos, titular ao longo da campanha.

Clayson tem apenas cinco anos de carreira, tendo defendido União São João, Ituano e Ponte, clube em que se destacou como atacante de velocidade pelo lado. É justamente essa posição que o Corinthians identificou como carência na formação do elenco para o primeiro semestre. Além da Macaca, o clube de Itu também ainda detém uma fatia dos direitos econômicos de Clayson, o que pode arrastar a negociação pelas próximas semanas.

Além de um atacante, o Timão também busca novas peças no mercado, como um lateral-direito para disputar com Léo Príncipe a condição de sombra de Fagner no elenco.







E MAIS: