Corinthians bate o Paraná e ganha fôlego para decisão na Libertadores

Marcio Porto
LANCE!
Corintianos comemoram o gol de Henrique, que garantiu a vitória ao time no Brasileiro

Corinthians bate o Paraná e ganha fôlego para decisão na Libertadores

Corintianos comemoram o gol de Henrique, que garantiu a vitória ao time no Brasileiro


O Corinthians voltou a vencer no Campeonato Brasileiro após quatro jogos em branco. Neste sábado, na Arena, a equipe do técnico Osmar Loss bateu o lanterna Paraná por 1 a 0 pela 21ª rodada e ganhou ânimo extra para o confronto decisivo das oitavas de final da Libertadores contra o Colo-Colo (CHI). Na próxima quarta-feira, também em casa, o Timão precisa reverter o 1 a 0 construído pelos chilenos na volta para avançar na competição sul-americana.

É quarta-feira!
Esse foi o grito cantado pela torcida logo após o jogo, em que confirmaram o apoio prometido mais cedo em reunião com o grupo no CT.

O gol
Quem tirou o Corinthians da situação difícil foi o zagueiro Henrique. Ele aproveitou cobrança de escanteio ainda no primeiro tempo, subiu muito e cabeceou no ângulo para vencer o goleiro Richard. No momento do gol, o Paraná era melhor e pressionava os donos da casa.

Noite de Jadson
Henrique fez o gol, mas quem fez a diferença foi o camisa 10. Inspirado, ele participou da maioria das construções ofensivas do time, inclusive o gol, já que cobrou o escanteio. Articulou bem o jogo, passou com qualidade, como quando deixou Roger cara a cara. O centroavante, porém,a certou a trave. Faltou apenas o gol para Jadson.

Silvinho
Apesar da péssima campanha do Paraná, o atacante se destaca. Outra vez, ofereceu muito perigo ao adversário, com velocidade, dribles e infiltração. É jogador para ficar de olho. Aos 28 anos e com uma passagem pelo São Paulo, talvez ainda tenha lenha para queimar.

Preocupação para o Corinthians
Ainda no primeiro tempo, Loss perdeu Cássio, seu capitão e principal jogador nessa fase difícil. O goleiro saiu com dores nas costas e virou dúvida para o duelo de quarta pela Libertadores. Já Douglas e Fagner receberam o terceiro cartão amarelo e não encaram o Atlético-MG no próximo sábado na Arena. Douglas, aliás, correu risco de ser expulso, ao largar o braço em Leandro Vilela, em lance semelhante ao que tirou Romero do jogo contra o Fluminense.

Loss respira bem
O Corinthians jogou arrumadinho e criou chances, tendo dominado o segundo tempo. A vitória foi importantíssim para o trabalho do treinador, ainda mais depois da visita de torcedores ao CT. Quarta-feira é decisão e, se passar, o técnico pode ter vida muito mais tranquila.

Classificação
Com a vitória, o Corinthians chegou a 29 pontos e subiu uma posição, pulando para 7º colocado. O Paraná segue na lanterna com 15 pontos.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 0 PARANÁ

Data/Horário: 25/8/2018, às 19h
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Público e renda: 28.136 pagantes / R$ 1.019.205,58
Cartões amarelos: Douglas, Clayson, Fágner (COR); Alex Santana, Raphael Alemão, Silvinho, Leandro Vilela (PAR)
Cartões vermelhos: Leandro Vilela (PAR)

Gol: Henrique, aos 35'/1ºT (1-0)

CORINTHIANS: Cássio (Walter - 38'/1ºT), Fágner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jadson (Araos - 39'/2ºT) e Clayson (Mateus Vital - 20'/2ºT); Roger. Técnico: Osmar Loss.

PARANÁ: Richard, Diego Tavares, René, Cléber Reis e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana (Rodolfo - 41'/2ºT) e Caio Henrique; Raphael Alemão (Nadson - 10'/2ºT), Silvinho e Grampola (Jhonny Lucas - 34'/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira.







































Leia também