Corinthians bate América de Cali e garante liderança em chave na Libertadores feminina

Fábio Lázaro
·1 minuto de leitura


O Corinthians terminou a fase de grupos da Libertadores feminina na primeira colocação do grupo A, com 100% de aproveitamento, 27 gols marcados e nenhum sofrido.

No estádio Nuevo Francisco Urbano, na província de Morón, na grande Buenos Aires, as meninas corintianas venceram o América de Cali, da Colômbia, por 3 a 0. Todos os gols foram marcados no segundo tempo: Giovanna Crivelari, Adriana e Giovanna Campiolo foram as redes.

O Corinthians foi melhor que as colombianas na etapa inicial, mas a ausência de profundida e criação de jogadas ofensivas fez com que o placar não fosse inaugurado nos 45 minutos iniciais da partida.

No entanto, logo aos cinco minutos do segundo tempo o Timão abriu o placar com a meia Giovanna Crivelari. O cérebro do meio-campo corintiano também mostrou qualidade ofensiva a subir mais que as adversárias após escanteios cobrados pelo lado direito para fazer o primeiro gol do jogo.

O América de Cali se mostrou melhor postado que El Nacional, do Equador, e Universitário, do Peru, que foram goleados pelo Corinthians nas duas primeiras rodadas, mas não conseguia se impor contra o Timão para reagir. Com isso, as corintianas que não fez a melhor partida, ampliou o marcador com Adriana, em cobrança de pênalti, e já nos minutos finais com Campiolo, no seu primeiro toque na bola.

Atuais campeões da Libertadores, as meninas do Parque São Jorge aguardam a definição dos classificados da chave B, podendo ser Boca Júniors, da Argentina, Avaí Kindermann ou Santiago Morning, do Chile. O segundo colocado do segundo grupo enfrentará o Corinthians.