Corinthians avança na Copa do Brasil e enfrenta estreante na 2ª fase

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Sem muito esforço, o Corinthians fez prevalecer a superioridade técnica de seu elenco diante do Salgueiro nesta quarta-feira (17). Com a vitória sobre o rival pernambucano, 3 a 0, o time alvinegro avançou à segunda fase da Copa do Brasil. O Corinthians enfrentará na próxima fase outro rival de Pernambuco, o Retrô. Estreante no torneio, a equipe eliminou Brusque-SC, com vitória por 1 a 0, também nesta quarta. A data do duelo ainda será definida pela CBF. Diferentemente da primeira fase, na sequência do mata-mata o visitante não terá mais a vantagem de segurar um empate. Em caso de igualdade no tempo regulamentar, a decisão de quem avança no torneio será pela disputa por pênaltis. Mesmo com a possibilidade de jogar pelo empate diante do Salgueiro, o Corinthians tratou de buscar a vitória desde o começo da partida. Logo aos 4 minutos, abriu o placar com Jemerson. Após um escanteio, ele fez o primeiro gol dele com a camisa corintiana, com uma finalização de primeira. Com caminho aberto para ampliar a vantagem, uma vez que os donos da casa teriam de buscar a virada, os comandados de Vagner Mancini, porém, recuaram e administraram a vantagem até o intervalo. Nos 45 minutos finais, um pouco mais atentos, conseguiram fazer o segundo gol para ficarem com classificação ainda mais encaminhada. Foi aos 12 minutos, quando Ramiro recebeu a bola na grande área e bateu rasteiro para fazer 2 a 0. A vantagem deixou a equipe corintiana ainda mais confortável para tocar a bola e fazer o tempo passar, sem grande esforço. Embora seja o campeão pernambucano de 2020, vice-líder do estadual deste ano e esteja na quinta posição do grupo B da Copa do Nordeste, o Salgueiro só ofereceu perigo ao gol de Cássio duas vezes, uma em cada tempo. Na primeira, Ranieri testou firme a bola e exigiu boa defesa do goleiro. Na segunda, já na etapa final, foi a vez de Daniel Passari arriscar de longe e Cássio espalmar para escanteio. Já nos acréscimos, em jogada individual, Mateus Vital marcou o terceiro, com um chute de fora da área. A equipe de uma cidade de apenas 60 mil habitantes sonhava com a possibilidade de passar pelo Corinthians e embolsar R$ 650 mil, valor que representa mais quatro meses de salários do elenco, que tem uma folha salarial de R$ 140 mil por mês. O objetivo, porém, ficou pelo caminho. Além da classificação do Corinthians à sequência da Copa do Brasil, os paulistas terão os outros grandes na competição. Santos, São Paulo e Palmeiras entrarão no torneio somente a partir da terceira fase, uma vez que estão entre os representantes do Brasil na Libertadores. SALGUEIRO Lucas; Sinho (Adenilson), Ranieri, Leozão e Alan; Bruno Sena, Moreilândia, Felipe Baiano (Héricles) e Tarcísio (Alison); Thomas Anderson (Daniel Passira) e Cassio Ortega (Aruá). T.: Marcos Tamandaré CORINTHIANS Cássio; Fagner (Bruno Méndez), Jemerson, Gil e Fábio Santos; Gabriel e Ramiro (Camacho); Otero (Cazares), Rodrigo Varanda (Gabriel Pereira) e Mateus Vital; Jô (Cauê). T.: Vagner Mancini Estádio: Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE) Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS) Cartões amarelos: Bruno Sena, Daniel Passira e Moreilândia (SAL); Ramiro e Gabriel Pereira (COR) Gols: Jemerson (COR), aos 4min do 1ºT; Ramiro (COR), aos 11min, e Mateus Vital (COR), aos 48min do 2ºT