Corinthians anuncia Fernando Lázaro como seu novo treinador

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians anunciou neste domingo (20) o nome de seu novo treinador. Trata-se de Fernando Lázaro, 41, que tem larga experiência como analista de desempenho e estava a serviço da seleção brasileira. Ele deixou a concentração verde-amarela em Turim, antes da viagem ao Qatar para a Copa do Mundo, e voltou ao Brasil para trabalhar no planejamento alvinegro de 2023.

Lázaro é filho do ex-lateral direito Zé Maria, 73, ídolo que defendeu o clube nos anos 1970 e 1980 e participou do gol do histórico título paulista de 1977. O Super Zé também trabalhou como treinador do time e agora forma com Fernando a primeira dupla de pai e filho a exercer a função na agremiação do Parque São Jorge.

Será a primeira experiência efetiva do jovem como técnico principal, embora ele tenha comandado o Corinthians de maneira interina em sete partidas, entre 2021 e 2022. O aproveitamento nesses jogos foi ótimo, com seis vitórias e um empate, e os dirigentes ficaram bem impressionados com sua condução do grupo.

Substituto do português Vítor Pereira, que foi embora por problemas de saúde na família, Lázaro chegou ao clube em 1999, aos 17 anos, para trabalhar no departamento de informática. De perfil estudioso, ganhou espaço e se tornou responsável pelo elogiado Cifut (Centro de Inteligência do Futebol), departamento de análise de desempenho e captação de atletas.

Ele esteve ao lado de vários treinadores e foi levado à seleção brasileira por Tite, deixando o Corinthians em 2016. Retornou em 2021, mas continuou colaborando com o time nacional e foi parte dele até esta semana. Também chegou a trabalhar no Lyon, no breve período em que a equipe francesa foi dirigida por Sylvinho.

"O Fernando de 17 anos não tinha a menor ideia. Chegou aqui novo, sem saber o que fazer, e foi se formando aqui dentro. O Corinthians foi minha faculdade de tudo, mais do que qualquer coisa. Passei por vários processos, ajudei na fisiologia, na preparação física, e você acaba aprendendo um pouquinho", disse em 2021, em uma das ocasiões na qual foi técnico interino.