Corinthians adota cautela e ainda avalia se tentará a manutenção de Balbuena


Diferentemente do que ocorreu com Maycon e Yuri Alberto, o Corinthians não terá pressa para tentar manter o zagueiro Fabián Balbuena. O atleta está emprestado ao Timão pelo Dínamo de Moscou, da Rússia, até o dia 30 de junho, e o clube alvinegro ainda não buscou alternativas para a manutenção do jogador. A situação do paraguaio é diferente da dos brasileiros pelos seguintes aspectos: modelo de negócio e desempenho esportivo.

Balbuena é o único entre os jogadores que chegaram ao Parque São Jorge no ano passado em que o Time do Povo utilizou a ‘cláusula da guerra’. Durante a última temporada, a Fifa autorizou que atletas que atuassem na Rússia ou Ucrânia suspendessem os seus contratos e firmassem acordos com outras equipes. Inicialmente, o prazo para isso foi até junho do ano passado, mas depois foi estendido para junho deste ano. Assim, o defensor, que pertence ao Dínamo de Moscou, clube russo, pôde firmar a vínculo com o Coringão.


+ Emerson Shake vence Emerson Jake em duelo que parou a internet; veja os memes

+ Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

Como o conflito no leste europeu segue, existe a chance da Fifa ampliar a ‘cláusula da guerra’. Se isso acontecer, facilitará a possibilidade do Timão ampliar o contrato de empréstimo de Balbuena. O acordo atual do zagueiro com o Dínamo de Moscou tem duração até junho de 2026. O Coringão não teria condições financeiras de comprar o jogador em definitivo no momento.

Balbuena Dinamo Moscou
Balbuena Dinamo Moscou

Balbuena (foto) ainda pertene ao Dínamo de Moscou, da Rússia (Foto^Reprodução / Twitter Balbuena)

Como o contrato de Balbuena vai até o meio do ano, a direção corintiana não tratou a manutenção do atleta com a mesma prioridade do que teve com a que se movimentou para a manter Maycon e Yuri Alberto. A situação do volante era a mais ‘desesperadora’, já que o empréstimo com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, terminava no fim de 2022. Depois de conversas entre as partes, a equipe ucraniana liberou o meio-campista, que é revelado pelo Timão, para atuar por mais uma temporada com a camisa alvinegra. Já no caso de Yuri, o movimento no mercado foi para ter em definitivo um atleta que estava emprestado. foi bem pelo Corinthians no segundo semestre do ano passado e que é visto internamente como um ativo de grande potencial de mercado, principalmente por conta da juventude - ele tem 21 anos. A opinião do presidente Duílio Monteiro Alves é que Yuri Alberto será o atacante da Seleção Brasileira nos próximos anos e poderá render ao Corinthians tanto esportivamente, quanto financeiramente, no futuro.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os jogos da competição estadual

Outro fator que pesa para que a direção do Corinthians tenha maior cautela para começar a discutir a aquisição definitiva ou a ampliação de empréstimo de Balbuena são as atuações do defensor no ano passado. Algumas partidas no fim da última temporada colocaram em xeque o potencial físico e técnico do paraguaio. Assim, o departamento de futebol corintiano apostará nas avaliações que serão feitas durante o Campeonato Paulista, que terminará no dia 9 de abril. A partir daí, o clube alvinegro terá cerca de dois meses para discutir a compra ou extensão da cessão do zagueiro, caso entenda ser necessário. Se não for, o atleta será devolvido ao Dínamo de Moscou.

Enquanto não se decidiu se tentará a permanência de Balbuena, o Corinthians não entrará em contato com o Dínamo de Moscou que, enquanto isso, esperará o retorno do defensor paraguaio ao território russo já no próximo dia 1º de julho.

O sistema defensivo corintiano foi enxugado na atual janela de transferências. Raul Gustavo foi emprestado ao Bahia, e Robert Renan vendido ao Zenit, da Rússia, no negócio que envolveu a aquisição de Yuri Alberto pelo Corinthians. Hoje, além de Balbuena, o Timão tem Bruno Méndez, Caetano e Gil como opções para o sistema defensivo. Após o fim da disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a tendência é que o garoto Murillo seja integrado ao elenco profissional do Coringão - o atleta, no entanto, possui um impasse contratual que precisará ser resolvido.