Corinthians admite desempenho abaixo, mas segue apostando em Mancini: 'Entende o momento'

Alexandre Guariglia
·3 minuto de leitura


O Corinthians está há duas semanas sem jogar, mas as lembranças da torcida não são muito boas, apesar de uma longa invencibilidade. O desempenho do time em campo não vinha agradando, nem mesmo aos dirigentes. Sendo assim, o trabalho de Vagner Mancini começou a ser contestado, mas a princípio a aposta no treinador continua, segundo Alessandro, gerente de futebol.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2021 clicando aqui

GALERIA
> Saiba quais jogadores do Corinthians que mais participaram de gols em 2021

Em entrevista coletiva na última sexta-feira, o ex-jogador foi questionado sobre as atuações recentes do Timão, que precisou das penalidades para superar o Retrô-PE na segunda fase da Copa do Brasil. O dirigente reconheceu o desempenho ruim, mas acredita que as duas semanas de trabalho possam reverter a situação a partir da retomada do Campeonato Paulista.

- Ficamos descontentes com o que fizemos em campo, não produzimos um futebol eficiente como queríamos que fosse. Não é só da área técnica, é a entrega dos jogadores ao que o corpo técnico pede. Presenciamos duas boas semanas de trabalho, o trabalho é bem conduzido, a confiança é com todos. Entendemos que deixamos a desejar nos últimos jogos e todo mundo fica descontente: nós, a comissão e os atletas - avaliou o gerente corintiano.

Alessandro fez questão de salientar o papel do treinador dentro da proposta da atual gestão, que é aproveitar os jovens da categoria de base na equipe principal. Para ele, Mancini entende a situação do clube e está comprometido em tocar esse projeto, principalmente com as revelações que surgirem.

- Mancini entende o momento do Corinthians, absorveu os meninos e tudo está ocorrendo dentro do que a gente espera. O desejo do torcedor é ver quando o atleta vai jogar. Temos feito isso com segurança e num futuro breve as coisas vão ocorrer - destacou o dirigente.

Outros aspectos positivos que Alessandro pontuou ao avaliar o trabalho de Mancini foram a relação com os jogadores e como o grupo absorve as ideias transmitidas pelo comandante, que foi considerado uma pessoa "equilibrada" pelo gerente, inclusive na maneira com que faz suas cobranças aos atletas.

- O grupo e os atletas de futebol têm de se preparar para a maneira como o treinador conduz, pela forma de fazer sua cobrança. Cada um tem um perfil e cabe aos atletas se adequar. Vamos seguir o que ele nos orientar e pedir e assim prosseguiremos na evolução. É a maneira e o método muito eficaz do Mancini, uma pessoa muito equilibrada, os atletas entendem o que ele pede, ele dá abertura. Digo com certeza que os atletas se sentem bem nas abordagens dele - concluiu o ex-lateral-direito.

Dessa forma, Vagner Mancini deve seguir no comando do Corinthians, principalmente pela conquista dos resultados nesta fase atual de reconstrução do clube. Apesar de o desempenho ser importante e a avaliação do torcedor também pesar, entende-se que a prioridade é somar pontos e passar de fase nas competições em disputa e, no futuro, pensar na qualidade de jogo.