Corinthians 2 x 0 U. Chile: Timão estreia com vitória e leva vantagem para o jogo de volta

Equipes serão divididas em dois potes com 16 clubes cada; Sorteio será realizado nesta quarta-feira, as 20h, em Assunção no Paraguai

O Corinthians estreou na Copa Sul-Americana com pé direito e venceu a Universidad de Chile por 2 a 0, em Itaquera, na noite desta quarta-feira, em partida válida pela primeira rodada da competição. Rodriguinho e Jadson anotaram os gols do Alvinegro.

Com o resultado, o Corinthians joga por um empate ou por uma derrota por um gol de diferença, para avançar à próxima fase. A partida de volta está marcada para o dia 10 de maio, em Santiago.

O jogo

Pela tradição das duas equipes, era esperado um jogo duro. Mas para os dois lados. Só que não foi o que aconteceu, até pelo menos a marca dos 35 minutos. A Universidad do Chile colocou a bola no chão e teve o comando da partida. O Corinthians ficou recuado e viu o time chileno chegar com perigo.

Aos 12, Ubilla chutou rasteiro e Cássio espalmou. Logo em seguida, Ubilla cruzou, Mora ajeitou e bateu. De novo, o goleiro corintiano foi lá buscar. Os chilenos chegaram a ficar com 65% de posse de bola. Quando a torcida do Timão já ia ficando impaciente, o time brasileiro pressionou e aproveitou. Gabriel chutou, Herrera desviou e a bola bateu no travessão. Na sobra, Arana tentou, mas o goleiro espalmou. Até que Rodriguinho aproveitou o rebote e fez os corintianos respiraram aliviados.

Torcida chilena

A torcida da Universidad do Chile, desde antes do jogo, arrumou confusão, quebrando as cadeiras da Arena e jogando na torcida brasileira. A polícia interviu e a confusão diminuiu. Porém, no intervalo, a PM voltou ao local e retirou boa parte dos torcedores. Ficaram apenas os que vieram de ônibus.

Segundo tempo

O Corinthians voltou mais ofensivo na etapa complementar, além de apertar a Universidad do Chile na marcação. Com isso, o futebol do Timão sobressaiu. Na marca dos 24, após cruzamento, Rodriguinho ajeitou para Jadson, que da entrada da área mandou um chutaço, ampliando o placar. Os chilenos sentiram, o Alvinegro cresceu e ainda teve duas chances para matar o jogo, mas Jô e Clayton pararam em Herrera.

Outros resultados

Flu volta ao Maracanã com festa da torcida e vitória sobre o Liverpool-URU

Nos pênaltis, Paraná supera o Asa

São Paulo empata na Argentina

Grêmio bate o América pela Primeira Liga