#CorazónTricolor: início de Crespo no São Paulo tem marcas expressivas

Gabriel Santos
·4 minuto de leitura


O são Paulo de Hernán Crespo vem chamando a atenção dos torcedores neste começo de temporada. Com 25 pontos no Campeonato Paulista e uma sequência incrível de sete vitórias consecutivas, a equipe ganhou confiança e vem colecionando marcas expressivas em 2021.

No Dia do Goleiro, veja os nomes da posição com mais jogos na história do São Paulo

Entre elas, estão as sete vitórias seguidas no menor intervalo de tempo, um melhor começo de um técnico no século, e o quinto melhor início de um treinador da história do clube, além da melhor média de gols na temporada entre os clubes da Série A do Brasileirão. Com isso, o LANCE! mostra algumas marcas do Tricolor.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DO CAMPEONATO PAULISTA DE 2021!

Início animador no estadual e recorde de vitórias em menor tempo
O começo do São Paulo no Campeonato Paulista é impressionante. Em dez jogos até aqui, foram oito vitórias, um empate e apenas uma derrota. Entre os triunfos, destaque para a goleada sobre o Santos por 4 a 0, no Morumbi, e a vitória em cima do Palmeiras, no Allianz Parque, por 1 a 0, quebrando um tabu de 12 anos sem vencer o rival no estadual.

Nem a maratona de jogos a cada 48 horas foi o suficiente para parar o clube do Morumbi. Com a vitória fora de casa por 3 a 0 sobre o Ituano no último domingo (25), o São Paulo alcançou a marca de sete vitórias consecutivas em 2021, feito estabelecido em um período de 16 dias (entre os dias 10 e 25 de abril) e que constitui um novo recorde para o clube, considerando apenas partidas do time principal.

Antes do desempenho atual, as séries de sete vitórias seguidas que ocorreram no menor espaço de tempo se deram em 1982 (duas vezes) e em 2007: todas em um intervalo de 21 dias.


Maior média de gols entre clubes da Série A na temporada

O ataque do São Paulo vem muito bem desde a chegada de Crespo. Após a vitória por 3 a 0 sobre o Ituano, a equipe chegou aos 28 gols em 11 jogos disputados nesta temporada, atingindo a média de 2,55 gols por partida.

O Grêmio, com 35 gols em 16 jogos (média de 2,18 por jogo) e o Flamengo, que tem 28 gols em 13 jogos (média de 2,15 por jogo), são os outros melhores ataques na temporada.

Tantos gols dão ao São Paulo, o melhor ataque do estadual, com 25 gols. Para se ter uma ideia, os dois melhores ataques depois do Tricolor são de Corinthians e Red Bull Bragantino, com 13 gols cada.

Maior sequência de vitórias desde 2012, ano do último título

Mais um dado curioso é a sequência de vitórias do São Paulo, que tem relação com o ano de 2012, quando o Tricolor venceu a Copa Sul-Americana, último título do clube. Já são sete jogos sem perder, igualando uma marca daquela ano (São Caetano, Red Bull Bragantino, Guarani, Palmeiras, Sporting Cristal, Santo André e Ituano).

O time de Crespo já superou o feito de Fernando Diniz, que ficou seis partidas sem saber o que é derrota. Naquela temporada, a equipe embalou seis vitórias consecutivas em partidas de Brasileirão, Sul-Americana e Copa do Brasil.


Melhor início de um técnico do São Paulo no século e quinto da história

Com o time conseguindo resultados cada vez mais expressivos, é natural o técnico Crespo também atingir marcas. Na partida diante do Santo André, que terminou com vitória por 2 a 0 para o Tricolor, o argentino igualou a campanha de Cuca em 2004.

Em toda a história, desde 1930, os números do começo da trajetória de Crespo também se sobressaem: é a quinta melhor arrancada nos dez primeiros jogos entre todos os técnicos do São Paulo até hoje. À frente dele, apenas, quatro treinadores campeões: Rubens Salles (vencedor do estadual de 1931), Jim Lopes (campeão paulista de 1953), Pepe (campeão brasileiro de 1986) e Joreca (tricampeão paulista: 1943, 1945 e 1946).

- Se igualamos ou superamos recordes, é mérito dos jogadores. Depois é uma equipe em constante evolução. Estamos no começo da temporada. Falta muito. Tudo isso apenas começou - disse Crespo após atingir a marca.