Copa Sérvia: com 25 mil torcedores apoiando, Partizan vence e vai à final


Nesta quarta-feira, foi realizado em Belgrado o grande clássico da Sérvia, entre Partizan e Estrela Vermelha, valendo vaga para a final da Taça local. E o que mais surpreendeu foi a autorização do governo sérvio para a presença de 25 mil torcedores no Partizan Stadium, número bem maior do que os tradicionais 25% de lotação que vinha ocorrendo no país (o estádio tem capacidade para 32 mil).

O jogo foi emocionante e dramático, com os times criando e perdendo grandes oportunidades. No primeiro tempo, o Estrela Vermelha fez um gol que bem anulado. Na etapa final, aos 13 minutos, Bibras Natcho, aproveitando uma grande jogada da equipe pela esquerda, fez o gol que definiu o 1 a 0 para o Partizan, colocando-o na final.

- Ter esse tipo de apoio era absolutamente imperativo. Foi ótimo ver uma multidão de quase capacidade total do nosso estádio após um período tão longo sem jogos e, depois, com pouco público - disse o treinador do Partizan, Savo Milosevic.

O triunfo foi muito comemorado pelo Partizan, que perdeu o título sérvio para o Estrela Vermelha.

Na outra partida pela semifinal, o Vojvodina venceu, fora de casa, por 1 a 0, o Cukaricki, gol de Covic, aos 31 do primeiro tempo e está na decisão. Este jogo contou com número limitado de torcedores, mas também não ocorreu distanciamento, já que as torcidas organizadas se aglomeraram.

Agora, o Partizan buscará o pentacampeonato da Copa da Sérvia (e oitavo no total desta competição que se iniciou em 2006). O Vojvodina, o segundo na história (ganhou em 2014).










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também