Copa do Nordeste: Sampaio Corrêa bate o Salgueiro e salta na classificação do Grupo A

Futebol Latino
·4 minuto de leitura


E a torcida do Sampaio Corrêa não poderia estar mais contente. Na noite desta segunda-feira, a Bolívia Querida entrou em campo e, mesmo encontrando uma certa resistência por parte do Salgueiro, levou a melhor vencendo o time pernambucano por 3 a 2, em confronto válido pela 6ª rodada da Copa do Nordeste, no estádio Castelão.

Com o resultado, o time comandado por Rafael Guanaes pulou para a segunda colocação do Grupo A, somando agora 9 pontos, porém terá que aguardar o complemento da rodada para saber de irá permanecer na vice-liderança. Já a equipe comandada por Daniel Neri, com o tropeço fora de casa, acabou ficando na 5ª posição com seus 7 pontos somados até então.

SAMPAIO PRESSIONA NO INÍCIO E ABRE O PLACAR

Fazendo valer o fator casa, o Sampaio não quis saber de ceder espaços ao Salgueiro logo no começo. Com isso, pressionava o rival conseguindo aparecer com mais frequência em seu campo de ataque, mas sem sucesso nas investidas.

Após a insistência, aos 12 minutos finalmente conseguiu marcar. Em cobrança de escanteio de Sávio, a bola acabou sobrando para Jefinho que, por sua vez, só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes. 1 a 0.

SALGUEIRO TENTA CRESCER, MAS TRICOLOR MANTÉM O RITMO FORTE

Após sofrer o gol, a equipe visitante tentou ir pra cima na expectativa de, ao menos, encontrar o empate ainda na etapa inicial. Entretanto, o único lance de perigo foi aos 20, com Passira, mas a bola finalizada pelo atacante acabou indo para fora.

Percebendo o adversário conseguir criar algumas jogadas, a Bolívia Querida então resolveu apertar novamente. Até os acréscimos dado pelo árbitro, Pimentinha e companhia deram trabalho ao setor ofensivo do time pernambucano, porém acabou não tendo sucesso nas tentativas mantendo o placar sem alterações.

COMEÇO DE SEGUNDO TEMPO MOVIMENTADO

Com Daniel Neri promovendo algumas trocas no intervalo, o Carcará voltou a campo com uma postura mais ofensiva. E surtiu efeito. Logo aos 3 minutos, os visitantes igualaram o marcador no Castelão com Ciel, após o jogador driblar seu marcador. 1 a 0.

Porém a alegria do SAC durou pouco. Praticamente no lance seguinte, aos 6 minutos, outra vez ele, Jefinho, agora arriscando um belo chute, acabou vendo sua bola bater na trave e, tentando afastar o perigo, Ranieri mandou contra o próprio gol. 2 a 1.

EQUILÍBRIO TOMA CONTA DO CONFRONTO

Em vantagem, o foco da equipe local foi continuar pressionando visando aumentar o placar. Com isso, a velocidade e a habilidade de Pimentinha passou a ser um fato diferencial para o Sampaio, na expectativa de conseguiu surpreender a defesa adversário, porém sem sucesso.

Por outro lado, o Salgueiro não desanimava. Até meados dos 20 minutos, tentava arriscar chutes de fora da área, exigindo atenção do goleiro Mota que, por sua vez, conseguiu fazer algumas boa defesas.

PLACAR SOFRE ALTERAÇÕES NOVAMENTE

Para colocar fogo no jogo, a equipe de Daniel Neri viu o rival fazer mais um. Aos 25 minutos, Guilherme Teixeira, que havia entrado momentos antes no lugar de Eloir, recebeu na entrada da área e, após driblar e girar para sair da marcação, balançou as redes. 3 a 1.

Mas a resposta do Carcará foi rápida, já que aos 27, outra vez ele, Ciel, também recebendo na área, guardou mais um no jogo fazendo 3 a 2. E o marcador poderia ficar mais elástico para a Bolívia Querida aos 31, mas o tento de Jefinho acabou sendo anulado pela arbitragem que marcou impedimento no lance.

SAMPAIO SEGURA O RESULTADO ATÉ O FIM

Até os acréscimos, era o Salgueiro quem criava mais em campo. Entretanto, mesmo com uma certa insistência, viu o time comandado por Rafael Guanaes apertar sua marcação, comentando algumas faltas para ganhar tempo e, mesmo conseguindo chegar novamente ao empate com mais um de Ciel, viu o árbitro anulando o tento por conta de impedimento na jogada, sendo esse o último lance de perigo antes do árbitro Tarcísio Flores da Silva colocar um ponto final no confronto.

FICHA TÉCNICA
SAMPAIO CORRÊA x SALGUEIRO - 6ª RODADA DA COPA DO NORDESTE
​Estádio: Castelão, em São Luís (MA)
Data: 29 de março de 2021, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Tarcísio Flores da Silva (CBF-RN)
Assistentes: Vinicius Melo de Lima (CBF-RN) e George Italo Antas Nogueira (CBF-RN)
Cartões amarelos: Paulo Sérgio, Matheus Cassini e Mota (SAM) / Bruno Sena e Moreilândia (SAL)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Jefinho, 12'/1ºT (1-0); Ciel, 3'/2ºT (1-1); Ranieri, 6'/2ºT (2-1); Guilherme Teixeira, 25'/2ºT (3-1); Ciel, 27'/2ºT (3-2).

SAMPAIO CORRÊA (Técnico: Rafael Guanaes)
Mota; Sávio, Joécio, Paulo Sérgio (Lucão, aos 13'/1ºT) e Marlon; André Luiz, Ferreira e Eloir (Guilherme Teixeira, aos 23'/2ºT); Dudu (Dione, aos 23'/2ºT), Pimentinha (Wesley, aos 33'/2ºT) e Jefinho (Matheus Cassini, aos 33'/2ºT).

SALGUEIRO (Técnico: Daniel Neri)
​Lucas; Dadinha, Ranieri, Leozão e Alan; Bruno Sena, Moreilândia e Felipe Baiano; Passira, Héricles e Alison.