Copa do Mundo: técnico da Croácia se manifesta sobre provocação do treinador do Canadá


O técnico da Croácia, Zlatko Dalic, minimizou nesta quinta-feira as declarações do comandante do Canadá, John Herdman, feitas após a derrota para a Bélgica pela Copa do Mundo, que soaram em tom de provocação à seleção da antiga república iugoslava.

- Vamos f.. a Croácia - disse o inglês, logo após o apito final da estreia canadense no Mundial, em referência ao próximo adversário no torneio.

Hoje, em entrevista coletiva, Dalic foi questionado sobre a fala do colega, mas preferiu não se aprofundar sobre o tema.

- Eu vi. Cada um de nós tem a própria forma de se comunicar. Ele se expressou dessa maneira, mas não olho para trás, nem me preocupa. Temos que mostrar no campo que somos uma equipe melhor - afirmou o técnico croata.

+ Torcedora da Croácia chama atenção e vira candidata a 'musa da Copa'

Dalic, no entanto, admitiu que frase em tom de provocação pode acabar servindo de motivação para os jogadores da seleção vice-campeã do mundo.

- Sem dúvida, falaremos disso. Só pode motivá-los. Não devemos aceitar nenhuma negatividade. Somos bons quando jogamos, e é fundamental que nos concentremos em nosso futebol - disse o treinador.

O comandante da Croácia admitiu que todo o grupo ficou insatisfeito com o empate sem gols com o Marrocos, no jogo que abriu a rodada do grupo F.

- Estamos um pouco decepcionados, porque queremos mais - afirmou Dalic antes de completar - Fomos bem na parte defensiva, mas não jogamos bem ofensivamente. Se tivéssemos feito um gol, teria sido melhor. Não faltaram mais bolas em profundidade e poder ocupar os espaços. Temos que fazer isso melhor - acrescentou.

Apesar da provocação de Herdman, o técnico da Croácia preferiu manter um tom respeitoso para com a seleção canadense, inclusive, fazendo elogios.

- O Canadá foi melhor do que a Bélgica, e deveria ter ganhado. É uma equipe ofensiva, joga com muita pressão. Perdeu um pênalti e marcou gol de contra-ataque. Mostraram muito mais do que nos últimos jogos, e teremos que jogar muito melhor do que contra o Marrocos - avaliou.

Os croatas, comandados por Dalic, e os canadenses, do técnico Herdman se encontrarão neste domingo, no encerramento da segunda rodada do grupo F da Copa.