Copa do Mundo pode ser grande chance para Maguire 'virar o jogo' na Inglaterra


A atuação consistente do zagueiro Harry Maguire no empate sem gols da Inglaterra com os Estados Unidos, na última sexta-feira (25), rendeu ao defensor elogios do técnico Gareth Southgate e a esperança que todo torcedor inglês deseja: a de recuperação do defensor.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

+ Copa do Mundo 2022: veja as seleções já classificadas às oitavas de final

- Com Harry, estou muito feliz por ele. Isso é o principal, ele tem sido um jogador muito importante para nós. Nunca tivemos dúvidas de quão importante ele era para nós ou da fé que precisávamos mostrar nele. Ele provou isso, com e sem bola, nos dois jogos que tivemos - disse o treinador em entrevista após o duelo contra os americanos.

Uma boa atuação na Copa do Mundo pode ser fundamental para a virada na carreira de Maguire. Zagueiro mais caro da história desde agosto de 2019, quando foi comprado pelo Manchester United por 87 milhões de libras (R$ 370 milhões, à época), ele nunca correspondeu ao investimento da equipe mais popular da Inglaterra e virou motivo de piada no país.

Maguire - Manchester United
Maguire - Manchester United

Maguire nunca teve vida fácil com a camisa do Manchester United (Foto: AFP)

Ainda assim, ele sempre foi lembrado na seleção nacional, chegando a 50 jogos internacionais no último compromisso pelo English Team. A confiança do técnico Gareth Southgate, no entanto, sempre esteve relacionada ao que Maguire já apresentou na carreira, principalmente nas duas temporadas que atuou pelo Leicester (2017/18 e 2018/19) que o credenciaram ao contrato milionário com o United.

Contra os Estados Unidos, Maguire teve números muito positivos não só no aspecto defensivo, mas em relação a qualidade dos passes. Foram 71 passes certos, um aproveitamento de 87,7%, uma finalização, sendo ela ao gol, e oito bolas longas corretas.

Na proteção, o zagueiro registrou oito cortes, uma interceptação, um desarme e travou um chute ao gol dos rivais. Ele foi driblado somente uma vez, cometeu apenas duas faltas e ganhou três das quatro bolas aéreas que disputou.

Os números acima são da plataforma SofaScore.

Maguire - Inglaterra
Maguire - Inglaterra

Maguire foi muito bem nos desarmes e demais números defensivos contra os EUA (Foto: Glyn KIRK / AFP)

Na estreia da Inglaterra, contra o Irã, na última segunda-feira (21), Maguire também foi bem. Porém, falhou no primeiro gol iraniano, quando Taremi passou com facilidade nas costas do defensor e invadiu a área para descontar o placar que, naquele momento, era de 4 a 0 para os ingleses - a partida terminou 6 a 2 para os Três Leões. Porém, imediatamente após o tento anotado pelos persas, o defensor inglês desabou no gramado se sentindo mal e foi substituído.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule os jogos da competição

Existia a suspeita de concussão, mas no mesmo dia Harry foi às redes sociais tranquilizar os seus fãs, dizendo que ele apenas havia se sentindo mal, mas já estava pronto para o duelo seguinte, contra os Estados Unidos.

Diante do Irã, Maguire não teve tanta participação defensiva, até pela falta de exigência, embora tenha ganho todos os duelos pelo alto. Em um deles, na parte ofensiva, ajeitou de cabeça para Saka marcar o segundo dos Três Leões na goleada contra os iranianos.