Copa do Mundo: Lewandowski discorda de pênalti marcado para a Arábia: 'Para mim, não foi'

Robert Lewandowski marcou um gol na vitória da Polônia sobre a Arábia Saudita  (Foto: EFE)


O atacante Robert Lewandowski, destaque da vitória de 2 a 0 da Polônia sobre a Arábia Saudita neste sábado, confessou que realizou um sonho ao finalmente marcar um gol em Copas do Mundo e discordou da arbitragem de Wilton Pereira Sampaio no pênalti marcado a favor da seleção saudita.

- É evidente que quando se joga pela seleção nacional, o bem da equipe vem primeiro, mas eu sou atacante e tenho sempre em mente que também quero marcar - admitiu Lewandowski após a partida no estádio Cidade da Educação, em Doha.

O astro polonês, que se tornou um dos maiores atacantes do mundo em nível de clubes, nunca havia balançado as redes em uma Copa do Mundo. O jejum acabou neste sábado, aos 38 minutos do segundo tempo.

+ Emocionado, Lewandowski fala sobre primeiro gol em Copas do Mundo

Sobre a partida, o jogador do Barcelona avaliou o desempenho de toda a seleção polonesa e afirmou que, na sua opinião, o pênalti defendido pelo goleiro Wojciech Szczesny, após cobrança de Al-Brikan, não deveria ter sido marcado.

- Para mim, não foi pênalti, nem sei porque o árbitro foi até o monitor. Poderíamos ter atacado mais, jogado mais agressivamente no meio-campo, mas com o resultado também queríamos acalmar as coisas e procurar as nossas chances - declarou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Sonhando com a classificação para as oitavas de final, a Polônia encerrará a participação na fase de grupos na quarta-feira, contra a Argentina.

- Espero que antes do jogo contra a Argentina mantenhamos os pés no chão e façamos o nosso melhor - finalizou Lewandowski.