Copa do Mundo: Holanda une juventude com 'fome de títulos' para bater a Argentina


Fora da Copa do Mundo de 2018, a Holanda retornou em grande estilo nesta edição e está nas quartas de final do torneio. Por causa da ausência, a Laranja precisou realizar grande reformulação e, atualmente, possui um time jovem e inexperiente neste torneio. Essa questão pode ser positiva para a seleção holandesa no confronto diante da Argentina, pelas quartas de final, já que os estreantes estão com fome de títulos e glórias.

Ao todo, apenas três dos 26 holandeses convocados para o Qatar já disputaram uma Copa do Mundo. Memphis Depay, Daley Blind e Stefan De Vrij, que ainda não entrou em campo nesta edição, estiveram na Copa do Mundo de 2014. Além deles, o técnico Louis Van Gaal integrava o elenco como treinador, fato que se repetiu neste ano. O restante do elenco é recheado de jovens estreantes.

+ Revelação da Holanda na Copa, Noppert despista sobre futuro e brinca: 'Sou o mais mal pago da seleção'

Até as figurinhas mais carimbadas da Holanda na competição, como Frenkie De Jong e Virgil Van Dijk, disputam sua primeira Copa do Mundo. Van Gaal também convocou alguns atletas muito 'crus', como Xavi Simons, de 19 anos, o jogador mais jovem a entrar em campo pela Laranja em fase mata-mata do torneio.

A média de idade da Holanda é a segunda menor entre as seleções que integram as quartas de final, perdendo apenas para Marrocos. Em média, o elenco holandês tem 26,6 anos de idade e disputou 26 partidas pela seleção nacional. A Argentina, rival nas quartas de final, possui 27,8 anos e 36 compromissos pela Albiceleste. Mas a Laranja pode usar a juventude como combustível.

Holanda x Estados Unidos
Holanda x Estados Unidos

Blind e Depay, dois remanescentes da Holanda de 2014 (Alberto PIZZOLI / AFP)

+ Van Gaal alfineta Messi e fala em 'revanche' contra Argentina na Copa do Mundo

As entrevistas dos jogadores da Holanda até aqui na Copa do Mundo foram bem diferentes. No entanto, um tema foi unânime: a vontade de fazer história. A Laranja foi vice-campeã do torneio em três oportunidades (1974, 1978 e 2010) e ainda sonha com o título. Por isso, essa geração, que pode ser a última de Van Gaal como treinador, almeja grandes conquistas.

A classificação para as quartas de final também fez bem à Holanda, que espantou boa parte dos críticos da imprensa local pelo desempenho abaixo na fase de grupos. Na folga desta terça-feira, por exemplo, o elenco esteve unido em passeio de barco e recarregou as energias para o teste mais importante da Copa do Mundo.

+ Holanda e Argentina se encontram na Copa do Mundo depois de semifinal emocionante em 2014; relembre

Holanda e Argentina se enfrentam nesta sexta-feira, às 16h (de Brasília), no Estádio Lusail. Todos os ingressos para a partida foram esgotados, mas os holandeses terão de batalhar contra 40 mil argentinos nas arquibancadas. Quem vencer fica com uma vaga na semifinal e deve enfrentar a Seleção Brasileira.