Copa do mundo: como o clima do Catar pode afetar a saúde dos jogadores

Ao menos sete jogadores da seleção brasileira, segundo O GLOBO apurou, relataram queixas de viroses e mal-estar, incluindo incômodo na garganta e tosse. Para o infectologista João Prats, da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo, um dos possíveis motivos para o problema é o ar seco.

Conexões: Os 7 caminhos para encontrar a felicidade, na visão de Harvard

Alzheimer: Novo remédio reduz declínio cognitivo e é considerado ponto de virada no tratamento da doença

— Geralmente, o ar-condicionado resseca o ar e isso causa o ressecamento das vias aéreas, o que pode predispor a sintomas respiratórios como dor de garganta, tosse seca, nariz escorrendo, entre outros — explica o médico.

A outra hipótese são as mudanças bruscas de temperatura entre o ambiente externo, onde pode fazer mais de 30ºC, e o interno, onde a temperatura é mais baixa graças ao uso de ar-condicionado, que está presente até mesmo nos estádios. Entretanto, para o infectologista, isso afetaria apenas determinadas pessoas, que já apresentam uma predisposição individual a alterações de temperatura.

Câncer de cólon: entenda o tumor que causou nova internação de Pelé

— Em pessoas sensíveis, em especial aquelas com rinite alérgica e asma, mudanças bruscas de temperatura podem desencadear crises — diz Prats.

O especialista também alerta para a presença de infecções virais que causam esse sintomas e, muitas vezes, um resfriado comum pode ser indistinguível de uma crise de rinite alérgica.

— Mucosas danificadas pela ressecamento ficam mais vulneráveis à infecções respiratórias — diz o infectologista.

Para prevenir, a recomendação é investir em hidratação, inclusive da mucosa, com o uso de umidificadores. Para quem tem rinite, a orientação é manter o tratamento em dia.

Fiocruz: Fila do SUS tem mais de 1 milhão de procedimentos represados por causa da Covid

Efeitos do calor no corpo

Embora a alteração da data da Copa do mundo dos tradicionais meses de junho e julho para novembro e dezembro tenha sido para evitar as altíssimas temperaturas do verão no país, o clima atual do Catar não é exatamente ameno. Em alguns jogos, a temperatura chega a 30ºC.

Realizar um esporte de alta intensidade, como uma partida de futebol, em uma temperatura tão alta, pode causar prejuízos ao organismo e atrapalhar a performance dos jogadores. Em temperaturas extremas, por exemplo, os atletas correm o risco de sofrer distúrbios de estresse por calor, como cãibras, exaustão pelo calor ou insolação. Intervenções consideradas úteis para evitar esses problemas incluem toalhas de gelo e beber água fria ou pastas de gelo para resfriar a temperatura central do corpo.