Copa do Mundo 2022: Neymar pode fazer sacrifício em busca do título da Seleção. Entenda!

Neymar pode ser usado em sacrifício na Copa do Mundo 2022 - Getty Images
Neymar pode ser usado em sacrifício na Copa do Mundo 2022 - Getty Images

Neymar se lesionou durante a primeira partida do Brasil na Copa do Mundo 2022. O jogador corre o risco de precisar fazer um sacrifício em busca do título da Seleção.

Neymar precisou ser afastado dos jogos do Brasil na Copa do Mundo 2022 após sofrer uma lesão no tornozelo no primeiro jogo. O jogador, que tem contado com o apoio dos parças e até da ex, Bruna Biancardi, pode fazer um sacrifício pela Seleção.

Segundo informações do Uol, Neymar deveria ficar sem treinar por, pelo menos, duas semanas. O tempo ideal de recuperação só seria aplicado caso o jogador não estivesse disputando uma Copa do Mundo. Devido ao Mundial, o tempo do atleta deve ser reduzido.

Ainda de acordo com a publicação, o departamento médico do Brasil estuda antecipar a volta do jogador caso ele esteja fazendo muita falta na Seleção. Por isso, Neymar seria submetido a tratamento de choque com infiltrações, faixas para segurar o tornozelo e estabilizadores, sacrificando seu processo de cura.

Nymar desabafa após ficar de fora de jogos da Copa do Mundo 2022

Em uma carta aberta aos seguidores, Neymar falou sobre sua lesão, mas se mostrou esperançoso pela volta.

"O orgulho e o amor que sinto de vestir a camisa não tem explicação. Se Deus me desse a oportunidade de escolher um país pra nascer, ele seria o Brasil. Nada na minha vida foi dado ou fácil, sempre tive que correr atrás dos meus sonhos e das minhas metas. Jamais desejando o mal de alguém e sim ajudando quem precisava", iniciou Neymar.

"Tenho lesão sim, é chata, vai doer, mas eu tenho...

Veja mais


Veja também

Biel se pronuncia após vídeo de briga generalizada em show de Gusttavo Lima viralizar: 'Totalmente desequilibrado'
Copa do Mundo 2022: Quem entra no lugar de Neymar? Rodrygo ou Fred? Conheça jogadores!
Jojo Todynho recebe duras críticas por estreia no 'Central da Copa' e rebate haters