Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, completa 10 anos de sua estreia


Há exatos 10 anos, em 11 de junho de 2010, a primeira Copa do Mundo realizada no continente africano tinha seu início. Chamada de Copa da Igualdade, o Mundial começou com uma partida entre África do Sul (dona da casa) e México. Em Joanesburgo, um Soccer City abarrotado de gente recebeu 84.490 torcedores.

As equipes empataram em 1 a 1, com gols de Siphiwe Tshabalala para os sul-africanos e o zagueiro Rafael Márquez empatou para os latinos já no fim da partida. Nada que estragasse a linda festa feita pelos torcedores africanos, que celebravam mais do que a oportunidade de receber uma Copa do Mundo em casa, mas sim a chance de mostrar que são mais e merecem mais do que a história lhes ofereceu até hoje.

A vuvuzela não parou um segundo sequer e acompanhou o torneio até o seu fim, que coroou a Espanha como campeã mundial pela primeira vez, em final contra a Holanda. Iniesta marcou na prorrogação na final para dar à Fúria o caneco.

TSHABALALA RELEMBRA DIA NA INTERNET

Pelas redes sociais, o meia Siphiwe Tshabalala comemorou a data com a hashtag #shabbaday (em referência ao seu nome). O camisa 8, que marcou o primeiro gol do Mundial e foi eleito o melhor em campo pela Fifa, compartilhou fotos do jogo contra o México, da chuteira usada no dia, que hoje é guardada como um troféu, e claro, também do lance do gol.





Tshabalala - África do Sul - Copa do Mundo 2010
Tshabalala - África do Sul - Copa do Mundo 2010
Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Tshabalala comemora gol contra o México pelo Twitter (Foto: Reprodução)

Seleção da África do Sul
Seleção da África do Sul

Time que entrou em campo contra o México (Foto: Reprodução)


Leia também