Copa chega às oitavas com Waka Waka holandês e recorde de Messi

Jogadores holandeses comemoram gol na Copa do Mundo do Catar. Foto: Julian Finney/Getty Images
Jogadores holandeses comemoram gol na Copa do Mundo do Catar. Foto: Julian Finney/Getty Images

A Holanda deu as caras na Copa do Mundo, com uma boa partida pra cima do jovem time dos Estados Unidos. Enquanto isso Messi fez seu jogo mil na carreira e comemorou com um gol e classificação para as quartas.

LARANJA MECÂNICA PEGA NO TRANCO

A fase de grupos da Holanda não encantou, mas foi o suficiente para classificar como primeiro do grupo A, com vitórias sobre Senegal e Catar. Os comandados do folclórico treinador Louis Van Gaal chegaram às oitavas ainda devendo bom futebol, mas o jogo contra os Estados Unidos serviu exatamente para que os holandeses fizessem seu melhor jogo na Copa até aqui. Com gols de Memphis Depay, Daley Blind e Denzel Dumfries, a Holanda venceu por 3 a 1, sem sustos.

É VERDADE ESTE ‘BILETE’

Se contra a Dinamarca a Austrália teve ‘ajuda’ de um recadinho passado pelo banco dinamarquês para seus jogadores, no duelo com a Argentina a Austrália dependeu apenas de si mesma pra tentar a façanha de chegar às quartas-de-final. Mas para tristeza dos cangurus, Messi estava em uma jornada inspirada e marcou o gol que abriu os caminhos argentinos. Julián Álvarez fez o segundo e deixou a Argentina confortável no jogo. Mesmo após diminuir o placar, faltou aos australianos melhor organização tática (e talento) para buscar o empate. Com o 2 a 1 a Argentina segue adiante e enfrenta a Holanda nas quartas-de-final.

Leia também:

DE PAI PRA FILHO

Em momento bonito da Copa, o jogador Daley Blind, após marcar o segundo gol da Holanda sobre os Estados Unidos, correu para comemorar com seu pai, o ex-jogador Danny Blind, membro da comissão técnica holandesa. Daley quase precisou deixar o futebol ao descobrir uma miocardite em 2019, e atua com um marca-passo desde então.

Daley Blind comemora gol com seu pai, Danny Blind. Foto: ANP via Getty Images
Daley Blind comemora gol com seu pai, Danny Blind. Foto: ANP via Getty Images

MESS1000

Lionel Messi chegou ao seu jogo número 1000 entre clubes e seleção. E marcou a data com um gol, seu 9º em mundiais. Esse gol o deixou como segundo maior goleador da seleção argentina na história das Copas, passando Maradona e Guillermo Stábile, e ficando apenas um gol atrás de Gabriel Batistuta. Com a classificação da Argentina, Messi pode igualar e até passar Batistuta, e se tornar o maior artilheiro argentino em Copas.

ZICA

O Brasil segue sofrendo com lesões. Após o jogo contra Camarões foram confirmadas lesões de Gabriel Jesus e Alex Telles, que estão fora da Copa. Alex Telles sofreu ruptura parcial no ligamento colateral interno, além de lesão parcial do ligamento cruzado posterior do joelho direito e deve ser operado. Sem certeza da volta de Neymar, Danilo e Alex Sandro, Tite terá dor de cabeça para escalar a Seleção para o confronto contra a Coreia do Sul.

WAKA WAKA HOLANDÊS

A festa holandesa pela classificação não teve festa só no estádio e vestiário. Ao retornar para o hotel onde a delegação está hospedada, jogadores e comissão técnica foram recebidos com muita festa e Waka Waka. O hit de Shakira embalou passinhos de dança de todos, até do técnico Louis van Gaal.

TUDO JOINHA, MESSI?

As crianças selecionadas para acompanhar os jogadores da Copa na entrada em campo não escondem a alegria em estar perto de seus ídolos. Antes da partida entre Argentina e Austrália uma pequena torcedora fez questão de chamar Lionel Messi e mostrar com um 'joinha' que estava torcendo por ele.