Copa do Brasil: técnico do Vasco vê a logística como 'a única coisa muito positiva' de ter o Boavista como rival

LANCE!
·1 minuto de leitura


Há quem veja de forma positiva. Um rival pouco expressivo no cenário nacional, antepenúltimo colocado no Campeonato Carioca... Mas o técnico do Vasco, Marcelo Cabo, pregou respeito ao Boavista. Para ele, o Cruz-Maltino só tem uma vantagem nítida para o confronto da terceira fase da Copa do Brasil: os deslocamentos curtos para encarar o time de Saquarema, na Região dos Lagos.

- É uma equipe que ao longo dos anos vem fazendo ótimos trabalhos, chegou à terceira fase da Copa do Brasil com méritos, tem jogadores experientes. Tivemos um confronto há pouco tempo contra eles e sabemos que será um jogo muito difícil, assim como qualquer jogo na Copa do Brasil. A única coisa muito positiva nisso é a questão da logística - afirmou o treinador ao site oficial do Vasco. E completou:

- A gente pega um adversário que a gente conhece, que minimiza qualquer demanda mais difícil de logística, a gente acaba tendo essa facilidade por serem dois times do Rio de Janeiro. O Vasco vai jogar 18 jogos em junho e julho, então a gente minimizar as viagens na Copa do Brasil, numa competição mata-mata, é bastante importante para esse período - sublinhou.

-> Confira a tabela da Copa do Brasil

Os duelos ainda não têm data, mas o primeiro será no Estádio Elcyr Resende e o segundo em São Januário. Antes de chegar nesta fase, o Vasco eliminou os mineiros da Caldense e do Tombense.