Copa do Brasil de Beach Soccer Feminino: Flamengo vence eletrizante jogo de 15 gols e vai à final

LANCE!
·2 minuto de leitura


Em jogo eletrizante, o Flamengo manteve os 100% de aproveitamento na Copa do Brasil de Beach Soccer Feminino ao bater o Sampaio Corrêa-MA, por 8 a 7. As comandadas de Paulo Gil chegaram a 32 gols marcados, se consolidando como o melhor ataque da competição. Com quatro gols marcados, Lelê Villar decidiu o jogo e foi destaque da peleja, que deixou o Rubro-Negro na decisão, a ser disputada diante do Vasco.

AS EMOÇÕES DO JOGO

Após bola dividida com a goleira Lelê Lopes, a bola sobrou para Ester abrir o placar para o Sampaio Corrêa. Mas a reação veio rápida. Lelê Villar roubou a bola no campo ofensivo e achou Tai que tocou para o fundo da rede antes da chegada da goleira adversária.

A virada veio em cobrança de escanteio, quando a bola encontrou a camisa 9 do Fla, Lorena, que não desperdiçou e marcou seu sexto gol em três jogos na Copa do Brasil. O Fla continuou defendendo de forma agressiva, e após roubada de bola de Nadine, Lelê Villar saiu na cara da goleira e a deslocou, no canto esquerdo, para fechar o placar da primeira etapa.

Assim como na primeira etapa, Ester marcou o primeiro gol do segundo período do jogo: 3 a 2 Flamengo. A camisa 6 teve êxito em chute distante, a bola quicou na areia e entrou para o empate do time maranhense. Em seguida, Lelê Villar fez jogada individual pela esquerda, e acabou derrubada dentro da área. A própria camisa 10 cobrou o pênalti com confiança e colocou novamente o Fla em vantagem: 4 a 3. Mas o empate do Sampaio veio no lance seguinte, com Maura. Coube a Lelê Villar colocar o Time da Gávea em vantagem novamente. Com um golaço de cobertura, marcou seu hat trick no duelo: 5 a 4 Flamengo. Maura empatou em chute no canto no minuto seguinte. 5 a 5.

O Flamengo voltou para o último período em busca da vaga na final. Lorena fez a goleira Nina trabalhar no primeiro minuto. Na jogada seguinte, Lorena teve nova oportunidade, e dessa vez não desperdiçou. Flamengo 6 x 5. O jogo ficou mais pegado, e perdeu em qualidade técnica. Até que Nadine roubou a bola e finalizou da intermediária, com a perna canhota. Acertou o ângulo e ampliou a vantagem. 7 a 5 Flamengo. No minuto seguinte, Adrielle marcou em tiro livre e diminuiu. 7 a 6. Lelê Villar recebeu belo passe de Bárbara, e de cabeça marcou o seu quarto golna partida.8 a 6. Adrielle diminuiu em cobrança de pênalti, mas não foi o suficiente. Flamengo na decisão.

A final da competição será neste domingo, às 10h, na Arena de Esportes de Praia Santos Dumont, em Recife. O adversário do Fla será o arquirrival Vasco, que derrotou o Ceilândia por 4 a 1, também nesta tarde.