Convocados da Itália para Eurocopa recebem primeira dose da vacina contra covid

·1 minuto de leitura
O técnico da seleção da itália, Roberto Mancini

Os jogadores italianos convocados para a Eurocopa receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 nesta segunda-feira, anunciou a federação italiana de futebol (FIGC).

A autoridade máxima responsável pela crise de saúde no país "autorizou a vacinação prioritária dos jogadores que farão parte da delegação da Seleção Italiana de Futebol que participará do torneio europeu em junho", divulgou a FIGC.

Metade dos 35 jogadores pré-convocados pelo técnico Roberto Mancini para a concentração na Sardenha a partir de 24 de maio foi vacinada em Milão, o restante em Roma. Eles receberam a vacina desenvolvida pelo laboratório Pfizer / BioNTech. Já os membros da comissão técnica serão imunizados em outro momento.

O atacante Nicolo Zaniolo, da Roma e que se recupera de uma ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo, também não recebeu a vacina, portanto não participará do torneio continental, destacou a imprensa italiana.

A 'Azzurra' vai jogar a partida de abertura da Eurocopa em Roma, em 11 de junho, contra a Turquia

gab/dif/mcd/lca