Contrato do meia Régis se encerra e Cruzeiro não renova o empréstimo

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


O Cruzeiro anunciou nesta sexta-feira, 1º de janeiro, que não irá renovar o contrato com o meia Régis, que venceu no dia 31 de dezembro. Assim, o jogador, que veio do Bahia, está livre para negociar com outro time. Seu acordo com o Tricolor Baiano também se encerrou no último dia do ano. .

A Raposa enviou uma nota sobre a decisão de não estender o vínculo com Régis e agradeceu ao atleta pelo profissionalismo e dedicação no período em que passou pela Toca e desejou sucesso na sequência de sua carreira.

O meia, de 28 anos, chegou a pedido de Enderson Moreira, no mês de abril.Com a camisa celeste fez 29 jogos, marcou três gols e deu quatro assistências.

O seu desempenho não teve grande destaque, caindo de rendimento e perdendo espaço no time, principalmente com a chegada de Felipão, que optou por jogar com três volantes, além de dar as primeiras chances para Giovanni Piccolomo.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DA SÉRIE B

A desistência do Cruzeiro em ficar com Régis também tem a ver com a condenação do clube na Câmara Nacional de Resoluções de Disputas (CNRD) da CBF, que impediu o time mineiro de registrar novos jogadores por uma dívida de R$ 1,3 milhão com o PSTC, do Paraná, pela transferência do zagueiro Bruno Viana ao Olympiacos, da Grécia, em 2016.

Em 11º na segunda divisão, com 41 pontos em 32 jogos, o Cruzeiro está praticamente fora da briga pelo acesso, já que o quarto colocado, Cuiabá, soma 51. A equipe volta a campo às 21h30 da próxima sexta (8), contra o Sampaio Corrêa, no estádio Castelão, em São Luís (MA).


O Cruzeiro só volta a campo no dia 8 de janeiro, sexta-feira, contra o Sampaio Corrêa, em São Luis. Os demais compromissos celeste na Série B são: Oeste (casa), Juventude (fora), Operário (casa), Náutico (casa) e Paraná (fora).