Contrato de Deschamps pode ser revisado por Comitê Executivo da Federação Francesa de Futebol

Didier Deschamps assinou contrato com a França até 2026 (Foto: Franck Fife/AFP)


Técnico da França, Didier Deschamps pode ter seu contrato revisado pelo Comitê Executivo (Comex) da Federação Francesa de Futebol (FFF), segundo o "L'Équipe". Recentemente, o comandante havia acertado sua renovação até o fim da Copa do Mundo 2026, embora o Comex não tenha sido notificado.

Uma quebra de contrato é vista como improvável, uma vez que o treinador se provou competente ao chegar em sua segunda final de Copa do Mundo de forma consecutiva. Ainda assim, o Comitê Executivo busca um acordo onde o novo presidente da FFF, que será eleito em 2024, tenha liberdade caso opte por uma mudança na comissão técnica dos Bleus.

Outra opção é reduzir o tempo de contrato e assinar um vínculo por dois anos, como era a ideia inicial de Noel Le Graet, atual mandatário da Federação Francesa. Com isso, Deschamps poderia receber um aumento salarial em comparação com o acordo firmado há poucos dias como uma forma de compensação.

Nesta quinta-feira, o Comex se reuniu por conta das declarações de Le Graet sobre o futuro de Zinedine Zidane e uma denúncia de assédio sexual. Embora tenha vínculo com a FFF até 2024, o cargo do veterano não está garantido e uma renúncia do atual presidente pode acontecer nas próximas horas ou dias.