Contratação de Pedro, renovação de Diego Alves e avaliação de Dome: Braz esclarece temas no Flamengo

Lazlo Dalfovo
·6 minuto de leitura


Horas depois de o Flamengo ter avançado às quartas de final da Copa do Brasil, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, se apresentou à sala de imprensa do Ninho do Urubu, na tarde desta quinta-feira, para uma entrevista coletiva - que já estava agendada desde o início da semana. Temas sobre os bastidores foram abordados, apontando prioridades para a contratação de Pedro e a renovação de Diego Alves.

Sobre o centroavante, que bateu um recorde pessoal, ao chegar a 20 gols na temporada, diante do Athletico-PR, Braz sublinhou a importância de sua aquisição junto à Fiorentina, mas sem citar valores - que poderiam chegar à casa dos 14 milhões de euros (R$ 92,8 milhões na cotação atual).

Além disso, realçou o peso da ausência de bilheteria para as receitas do clube. E avisou que o Flamengo já conversa com a Fiorentina.

- A contratação (de Pedro) é importante. Os números falam por si só. O Flamengo vai fazer o máximo esforço para conseguir a contratação. Já foi feito em outros casos, como do Arrascaeta, Gabigol, Gerson... Vamos tentar efetivar, com todas as dificuldades que estamos encontrando. Não ter público atrapalha a parte financeira. Mas vamos encontrar um caminho. Já estamos conversando com a Fiorentina - respondeu o VP, em coletiva com perguntas enviadas virtualmente.

Comemoração Pedro - Flamengo x Athletico PR
Comemoração Pedro - Flamengo x Athletico PR

Pedro tem 20 gols pelo Fla (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

RENOVAÇÃO DE DIEGO ALVES

O primeiro tema na coletiva se deu a respeito da renovação de Diego Alves, na iminência de ser sacramentada. Braz falou em ajustes para driblar o imbróglio.

- O Flamengo tem interesse na renovação do Diego Alves, assim como ele. Estamos nessa tratativa. O clube fez uma proposta, existiu um imbróglio, ele é sabedor disso, continuamos conversando, e ele não tem culpa. Estamos ajustando isso. Ele tem contrato, e temos uma ótima relação.

AVALIAÇÃO DO TRABALHO DE DOME

Marcos Braz também foi questionado sobre a avaliação do departamento de futebol acerca do trabalho de Domènec Torrent, que chegou ao Flamengo no início de agosto e esteve à frente da equipe em 25 jogos, até aqui.

- Temos que fazer uma análise diante dos problemas que enfrentamos. O Dome não tem nem sequer 100 dias de trabalho. De três meses pra cá, o Flamengo teve ao menos oito desfalques por partida. Temos que analisar em cima das dificuldades. Estou falando em cima de tudo. Até médica - salientou Braz, completando:

- Analisando isso com calma, acredito que a gente esteja no caminho certo. A gente conseguiu ter bons resultados na Copa do Brasil, na Libertadores e estamos disputando em cima no Brasileiro. Precisam ser feitas correções? Sim. Poderia chegar com mais segurança? Sim. Mas estamos corrigindo. Vamos ter um final de ano bem posicionado.

Por fim, o vice-presidente de futebol avisou que entende crítica de torcedores, citando o sarrafo elevado deixado por Jorge Jesus.

- Eu entendo os questionamentos dos torcedores, eu fui um de arquibancada durante muito tempo da minha vida. O Jorge (Jesus) colocou essa barreira muito alta, e isso foi bom. A gente tem que saber conviver com as crítica e ter sempre isso à nossa frente para analisar. Eu trato com naturalidade. Eu respeito. Mas também temos nossas análises.

Domenec Torrent - Flamengo
Domenec Torrent - Flamengo

Dome chegou ao Fla há três meses (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Confira outros trechos da entrevista coletiva:

O Fla vai atrás de reforços?

- Flamengo não vai falar de reforços agora. A prioridade é a resolução dos problemas em relação a Pedro, Pedro Rocha e Thiago Maia (emprestados). Depois que resolvermos sobre as renovações, vamos ao mercado com calma. Neste momento, não tem nada. É tudo mentira.

Conversas para renovar com Hugo Souza

- Os empresários, inclusive, estão aqui (Ninho do Urubu) para conversar comigo depois da nossa coletiva. Eu acho justo pela fase que Hugo está passando que os empresários venham aqui. Mas o Flamengo vai fazer com muita tranquilidade, calma. Tem mais três anos de contrato. O atleta teve oportunidades e aproveitou. O Flamengo vai tratar isso com tranquilidade.

Situações de Thiago Maia e Pedro Rocha

- Thiago Maia tem contrato até o meio do ano que vem, então temos mais tempo por uma estratégia para mantê-lo por mais tempo. O Pedro Rocha está na mesma situação do Pedro, e estamos analisando. Tem contrato até o fim de dezembro. Quando vai para essa tratativa, não é necessário a compra. Pode ser uma extensão de empréstimo. A gente (cita Bruno Spindel) está trabalhando nisso dia e noite. Estamos muito concentrados nessas situações.

Erros individuais de jogadores

- Acho que tiveram erros individuais, mas faz parte do jogador profissional, e em todos os lugares. Faz parte do jogador do Flamengo também essa superação. Entendo as críticas, mas não podemos expressar o que a torcida expressa. É natural errar. É do ser humano.

O Fla ainda precisa de um lateral-direito?

- Com a evolução do Matheuzinho, o técnico tem que me falar se precisa ou não de um outro jogador na função. Isso não quer dizer que Bruno e eu não tenhamos nossa opinião. Acreditamos no potencial e vamos esperar"

Gramado do Maracanã

- Temos um gramado que ainda precisa de um tempo para ficar dentro do adequado, mas o Flamengo vem se esforçando para que se mude essa figura. Não é possível que a gente não consiga resolver. O mais difícil era conquistar títulos, e conseguimos. O Leandro ("que cuida do gramado", segundo o dirigente) precisa de tempo igual o Dome.

Jogadores de peso no banco

- Todo mundo vai entender, eu te garanto que aqui todo mundo vai entender. Podem até não concordar, mas vão entender.

Irritação de Dome em recente coletiva

- Um pouco da irritação do Dome, naquele momento, eu acho que foi em função das perguntas serem repetidas. Não sei se foi o conteúdo ou a repetição. Qualquer um pode se irritar, não estar nos melhores dias. A diretoria vê com muita naturalidade. Eu acredito que o Dome vá ter mais paciência. Tem a língua, por mais que ele fale um bom português, mas às vezes há uma interpretação errada. O Dome está longe de ser um cara nervoso, mal educado. Ele é gentil, trata todo mundo bem. Pega jornalista aí que tem bastante fonte aqui dentro e pergunta como é a tratativa do Dome com as pessoas aqui.

Ausência de psicólogo nos profissionais

- Lá vem essa situação de psicólogo de novo... Achamos importantíssimo, temos isso na base, são fantásticos. Mas o Flamengo não tem psicólogo há algum tempo, desde abril do ano passado. E, depois de abril, a gente ganhou Estadual, Brasileiro, Libertadores, foi vice do mundo. A gente entende a importância do psicólogo, muito maior para a base. Essa é a questão. Não vejo essa necessidade para os jogadores aqui. Se a gente entendesse, a gente contrataria tranquilamente, mas teria que ter uma demanda, e a gente entende que não tem.

Premiações na temporada

- A gente combinou com os atletas que as premiações serão pagas até 31 de dezembro. O Fla vai cumprir. Recopa, Supercopa e Estadual serão pagos até o dia 31 de dezembro. A premiação da passagem na Copa do Brasil será paga agora. O Flamengo ontem deu aumento, fez algumas correções, em 90% dos funcionários. Não estou falando de jogador, não. É de funcionários. Mas os resultados estão aí. No ponto alto da tabela do Brasileiro e classificados na Copa do Brasil e da Libertadores.

Cutucada na CBF (por causa do São Paulo)

- Está na hora da CBF marcar uns joguinhos do São Paulo. Vão esperar o quê? Não estou reclamando de ter jogado, mas só queria saber quando o São Paulo vai fazer os jogos (atrasados no Brasileiro) dele. É o meu direito. O Flamengo teve jogos em menos de 72h. Não estou reclamando. Apenas quero saber quando será marcado. Depois o Landim vai puxar minha orelha, mas..