Contratação de Giuliano dá moral para dirigente contestado no Corinthians

·1 minuto de leitura


Os louros da contratação do meia Giuliano pelo Corinthians ficaram para o diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade.

Logo no início da apresentação do primeiro reforço do Timão na atual temporada, o presidente corintiano Duílio Monteiro Alves ressaltou de forma especial Roberto e a importância do diretor no futebol corintiano. Roberto também já esteve na presidência do clube, entre 2015 e 2018.

>> Baixe o novo app de resultados do L!
>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Ainda que fosse em julho, a aquisição de Giuliano foi a primeira do Alvinegro na temporada, já que o primeiro semestre do Corinthians foi para controlar gastos, pois o endividamento do clube é próximo a R$ 1 bilhão.

Duílio parabenizou a sensibilidade que Roberto teve para agir comercialmente no julgado ‘momento correto’.

- Com muito prazer que a gente apresenta nosso primeiro reforço da temporada, importante frisar que essa contratação significa critério, responsabilidade financeira e respeito ao orçamento, departamento de futebol trabalhou muito esse ano reduzindo a folha, tirando muitos atletas, Roberto (de Andrade) fez esse trabalho muito bem, soube entender o momento e aguardar a hora certa pra iniciar o novo ciclo, com novos reforços e times mais fortes – disse Duílio.

Sem citar o nome de Roberto de Andrade, mas dando moral para a diretoria corintiana, o próprio Giuliano elogiou o trabalho administrativo que tem sido feito no clube.

Os elogios vem em bom momento para Roberto que, ao lado do gerente de futebol, Alessandro Nunes, tem sido os alvos mais frequentes de um movimento formado por integrantes de diversas torcidas uniformizadas do Corinthians que realizam frequentes protestos visando mudanças e melhorias no Timão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos