Contra a Rússia, Bélgica leva empate no fim e sai com gosto amargo

Após o empate diante da Grécia no último sábado, a Bélgica voltou a campo nesta terça-feira, onde encarou a Rússia, fora de casa. Se antes o compromisso se deu pelas Eliminatórias, agora o jogo foi amistoso e terminou com um amargo empate para os belgas: 3 a 3, com Bukharov marcando o terceiro para os mandantes já nos acréscimos do segundo tempo.

Pouco antes do apito final, a Bélgica seguia para uma vitória tranquila após virar o placar, o que se deu ainda na etapa inicial. Benteke, duas vezes, e Mirallas, de pênalti, fizeram para os visitantes. Vasin e Miranchuk anotaram os outros dois dos russos.

Sem diversos titulares, poupados ou lesionados, a Bélgica não encontrava dificuldades diante de uma Rússia acuada e pouco competitiva, o que surpreendeu por conta da proximidade com a Copa das Confederações - onde será anfitriã. O panorama, contudo, mudou nos minutos derradeiros.

Cabe frisar que os quatro primeiros gols do duelo no Fisht Olympic Stadium surgiram de bola parada. No fim, quem vibrou foi a seleção russa, que conseguiu o empate quando poucos acreditavam. Pior para os Diabos Vermelhos, que precisam engolir mais um empate, interrompendo a boa sequência de quatro vitórias que vinha com o técnico Roberto Martínez.

DZEKO MARCA, E BÓSNIA VENCE FORA

Seleção do mesma chave da Bélgica nas Eliminatórias, a Bósnia fez bonito fora de casa. Diante da Albânia, venceu por 2 a 1, com gols de Dzeko, de pênalti, e Lulic. Balaj descontou para o time da casa.

A vitória da Bósnia acentua a força do Grupo H das Eliminatórias. Além de Bélgica, que lidera com 13 pontos, e Grécia, vice-líder com 11, a Bósnia mostra que vem forte em busca de, ao menos, uma vaga na repescagem (segundo lugar). Atualmente, a equipe de Dzeko e companhia está no terceiro posto, com 10 pontos. Restam ainda cinco jogos para o término do classificatório.










E MAIS: