Contra o Japão, Luis Enrique promete manter o estilo da Espanha: 'Um show. É como eu interpreto o futebol'

Luis Enrique durante partida da Espanha na Copa do Mundo do Qatar (Foto: JAVIER SORIANO / AFP)


A Espanha ainda não está classificada para as oitavas de final da Copa do Mundo. Só que está numa situação mais confortável do que os outros três postulantes do Grupo E do qual foi ela a cabeça de chave. O jogo desta quinta-feira é contra o Japão, e o técnico Luis Enrique promete não mudar a filosofia da equipe.

- Contemplo isso como um show. É como eu interpreto o futebol. Nos times em que estive, eu sempre tentei atacar, mas entendo que outros treinadores interpretem de outra maneira. É a minha filosofia. Se perdemos, perdemos. Trinta e uma seleções vão perder. Mais do que o resultado, estamos concentrados no percurso, embora o otimismo pareça excessivo. Temos que seguir pensando que somos os melhores, até que nos mostrem o contrário - afirmou Luis Enrique, antes do treino desta quarta-feira, na Universidade do Qatar.

O comandante da La Roja evitou falar sobre o time que vai a campo. Busquets pode ser poupado, já que está pendurado. Outros jogadores serão preservados? Nada foi definido - ou externado - pelo treinador, que elogiou a equipe asiática.

- Seleção muito bem trabalhada. A nível individual, muitos jogadores estão na Europa, muitos na Alemanha. São muito dinâmicos, rápidos, "pesados"... gosto muito do meio-campo, que tem jogadores de primeiro nível, dos quais será difícil tirar a bola. Amanhã teremos uma partida muito difícil. Um rival a altura deste Mundial, e que foi capaz de ganhar da Alemanha - completou Luis Enrique.

-> Confira a tabela da Copa do Mundo

O jogo entre Espanha e Japão é às 16 horas, paralelamente a Costa Rica x Alemanha. Quatro times em busca de duas vagas.