Contra o Coritiba, Bruno Melo deve vestir a camisa do Corinthians pela última vez

Bruno Melo em ação em um jogo contra o São Paulo, nesta temporada (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)


Com problemas na lateral-esquerda para enfrentar o Coritiba, nesta quarta-feira (9), pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians pode ter Bruno Melo na posição. Emprestado pelo Fortaleza até o fim do ano, a tendência é que o jogador faça o seu último jogo com a camisa corintiana.

+ Confira detalhes da terceira camisa e a nova linha do Corinthians em alusão ao Mundial do Japão

Melo nunca teve a sua chegada ao Timão bem esclarecida. O atleta foi contratado no início da temporada, quando o clube alvinegro era dirigido por Sylvinho. Na época da chegada do jogador, a equipe já tinha dois laterais-esquerdos no elenco. A alegação para a contratação de Bruno foi por conta das características defensivas que ele possuía, que dava margem para que atuasse até mesmo como zagueiro, quando necessário. Inclusive, foi assim que o jogador atuou pela primeira vez pelo Corinthians, ainda nos jogos-treino da pré-temporada.

Outro fator, aí menos importante, para a contratação de Bruno Melo foi a incerteza em relação a Fábio Santos e Lucas Piton. O primeiro vinha de uma temporada abaixo da média, e então com 36 anos, poderia se aposentar no fim desta temporada. Já o segundo, com 22 anos, chegou a ser sondado por clubes europeus no decorrer do ano passado e poderia sair durante a temporada. Assim, Melo tinha a chance de ser a peça a se encaixar no caso de alguma das situações se confirmar, mas nas poucas vezes que lhe foram dadas oportunidades o atleta nunca mostrou credenciais para se firmar.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os jogos da reta final

Com 30 anos, Bruno chegou ao Timão longe de ser um menino e em uma posição que exige bastante fisicamente. Foram 12 jogos disputados com o manto alvinegro, menos de 700 minutos em campo e nenhuma participação direta em gols. Números que nunca empolgaram. Além disso, Fábio Santos evoluiu em relação a 2021, teve o seu contrato estendido por mais um ano, e Piton não deixou o Corinthians, o que fez com que Bruno Melo fosse preterido no clube alvinegro.

Ainda assim, a diretoria corintiana deve ir ao mercado em busca de um novo lateral-esquerdo na janela de transferências do fim do ano, até por orientação do técnico Vítor Pereira, que nunca sinalizou querer contar com Bruno Melo. Em 2023, Fábio Santos deve fazer, de vez, a sua última temporada no futebol, enquanto Lucas Piton segue como um ativo em potencial para que o Timão venda e diminua a dívida de quase R$ 1 bilhão que possui. No entanto, a ideia agora é contratar um atleta novo e promissor que, além de auxiliar a equipe tecnicamente, também venha render frutos com uma venda futura. O alvo é Matheus Bidu, que pertence ao Guarani, mas disputou a última temporada pelo Cruzeiro, onde foi Campeão Brasileiro da Série B.

De todo modo, Bruno Melo terá a chance de vestir a camisa corintiana pela última vez, contra o Coritiba, antes de ser devolvido ao Fortaleza. O atleta dificilmente teria essa oportunidade se Fábio Santos não recebesse o terceiro cartão amarelo no último compromisso, contra o Ceará, e Lucas Piton sentisse uma fisgada na coxa no mesmo jogo.

A presença de Piton na partida desta quarta-feira (9) não é descartada, mas dificilmente o atleta será exposto, principalmente por ser um problema simples, já no fim da temporada e com o clube tendo atingido o seu objetivo principal no Brasileirão, que é a classificação direta à fase de grupos da Libertadores no ano que vem.