Contra o Bragantino, Palmeiras quer afastar a má fase do Allianz Parque pelo Brasileirão

Palmeiras não vence pelo Brasileirão no Allianz Parque desde novembro de 2021 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


O Palmeiras é o melhor mandante entre os clubes da Série A em 2022, com 88,89% de aproveitamento dos pontos disputados. No entanto, o time ainda não venceu no Allianz Parque, sua casa, pelo Brasileirão-2022. Aliás, pela competição nacional, o Verdão está sem um triunfo no estádio desde novembro de 2021. Contra o Red Bull Bragantino, neste sábado, às 16h30, o objetivo é afastar esse mal.

GALERIA
> Relembre a invencibilidade fora de casa do Palmeiras na Liberta

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

As últimas vitórias em casa do Alviverde pelo Campeonato Brasileiro foram na Arena Barueri: Ceará (1 a 0), pela edição do ano passado, e Corinthians (3 a 0), neste ano. Desde que venceu o Atlético-GO, por 4 a 0, no Allianz Parque, em 10 de novembro de 2021, quatro partidas se passaram e nada de triunfar em seu estádio. Foram duas derrotas (São Paulo e Ceará) e dois empates (Atlético-MG e Fluminense).

Essa situação é incomum para quem tem um retrospecto altamente favorável quando joga em casa nesta temporada. São 13 vitórias, um empate e uma derrota, 40 pontos conquistados dos 45 possíveis. Os cinco perdidos, porém, foram justamente no Brasileirão para Ceará, logo na estreia, quando perdeu por 3 a 2, e Fluminense, mais recentemente, quando empatou em 1 a 1, tendo saído na frente.

E tem mais. A temporada 2022, inclusive, aparece como a mais vitoriosa e a segunda menos vazada da história do Palmeiras na arena, com 87,17% de aproveitamento e sete gols sofridos (média de 0,53 gol por jogo). Por essas e outras, chama a atenção a dificuldade que a equipe tem tido para conquistar os pontos em sua casa.

Mas essa má fase do Allianz Parque no Brasileirão já vem de algum tempo. Dos 18 jogos que o time fez por lá no ano passado, venceu apenas dez, empatou três e perdeu cinco, tendo um aproveitamento de apenas 61,1%. Aliás, vale destacar que 2021 foi o pior ano do estádio desde a sua fundação, em 2014, com dez derrotas do Verdão.

Já em 2020, o índice de pontos conquistados foi ainda pior: 59,3%. Foram 18 jogos, 8 vitórias, 8 empates e 2 derrotas, ou seja, o Alviverde não chegou a vencer metade das partidas que disputou no Allianz Parque pelo Brasileirão daquele ano. Como um ponto de explicação, em boa parte de 2020 e de 2021 o estádio recebeu duelos com portões fechados por conta da pandemia de coronavírus.

Nas duas edições dos pontos corridos em que o Palmeiras se saiu campeão, a equipe teve um aproveitamento superior aos 80% jogando no Allianz. Em 2018 conquistou 84,4% dos pontos que disputou, enquanto em 2016 somou 82,4% da pontuação possível. Nas duas oportunidades o fator casa foi essencial para o título.

Por enquanto, o aproveitamento palmeirense no Allianz Parque pelo Brasileirão-2022 é igual ao do ano da inauguração, em 2014, quando foi derrotado pelo Sport e empatou com o Athletico-PR. Naquela edição, com apenas dois jogos, o índice foi de 16,7%, exatamente o mesmo da atual com exatamente o mesmo número de partidas.

Confira os números citados acima:

Palmeiras com mandante em 2022
15 jogos/13 vitórias/1 empate/1 derrota - 88,89% de aproveitamento

Palmeiras no Allianz Parque em 2022
13 jogos/11 vitórias/1 empate/1 derrota - 87,17% de aproveitamento

Palmeiras no Allianz Parque em Campeonatos Brasileiros

2022 - 16,7% de aproveitamento
2021 - 61,1% de aproveitamento
2020 - 59,3% de aproveitamento
2019 - 71,4% de aproveitamento
2018 - 84,4% de aproveitamento (campeão)
2017 - 64,4% de aproveitamento
2016 - 82,4% de aproveitamento (campeão)
2015 - 54,9% de aproveitamento
2014 - 16,7% de aproveitamento (apenas 2 jogos)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos