Contra o Atlético-MG, São Paulo desafia jejum como visitante

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo não vence longe do Morumbi desde 25 de abril. O último triunfo fora de casa, 3 a 0 sobre o Ituano, foi registrado ainda na primeira fase do Campeonato Paulista.

Foram sete duelos depois disso, com cinco empates e duas derrotas. É esse histórico negativo que o time de Crespo precisará superar para conquistar sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro.

Neste domingo (13), às 16h, o clube tricolor vai encarar o Atlético-MG, no Mineirão.

Depois de estrear no Nacional em casa com um empate sem gols diante do Fluminense, o São Paulo teve uma derrota para o Atlético-GO, por 2 a 0, em Goiânia.

Nesta temporada, em 26 partidas, a equipe tricolor tem 66,7% de aproveitamento. Levando-se em conta só os duelos no Morumbi, esse número sobe para 83,3%. Longe de casa, o desempenho cai para 47,2%.

A tarefa de melhorar esse rendimento diante do Atlético-MG não deverá ser fácil. Em 13 partidas como mandante no calendário do futebol de 2021, a equipe mineira perdeu somente uma vez. Foi diante do Fortaleza, na primeira rodada do Brasileiro: 2 a 1. Uma exceção em um retrospecto respeitável que aponta dez vitórias e dois empates.

Além disso, desde 2016 o São Paulo não vence o rival de Minas Gerais na casa do adversário. A última vez foi em 26 de novembro daquele ano, por 2 a 1, em jogo pela 37ª rodada do Nacional.

Depois, houve quatro jogos, com três vitórias dos mandantes e um empate, todos pelo Brasileiro. Em 2020, os mineiros venceram por 3 a 0, em jogo válido pela sétima rodada.

Os são-paulinos ao menos vão a campo embalados após a goleada por 9 a 1 sobre o 4 de Julho-PI, na última terça-feira (8), que classificou o clube tricolor às oitavas de final da Copa do Brasil.

Crespo, contudo, terá quatro desfalques: Daniel Alves, Benítez e Luan, que se recuperam de lesões, e Arboleda, que está com a seleção equatoriana para a disputa da Copa América.

ATLÉTICO-MG

Éverson; Mariano, Igor Rabello, Réver e Dodô; Allan e Jair (Tchê Tchê); Hyoran, Nacho Fernández e Keno; Hulk. T.: Cuca

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinicius (Rigoni), Rodrigo Nestor (Shaylon), Sara, Liziero e Reinaldo; Pablo e Luciano. T.: Crespo

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte

Horário: 16h

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos