Contra a LDU, Flamengo tenta terceira vitória seguida na Libertadores

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Flamengo tenta manter os 100% de aproveitamento na Libertadores nesta terça (4), em Quito, no Equador, onde enfrenta a LDU, pela terceira rodada do Grupo G da competição.

A partida acontece no estádio Casa Blanca, a partir das 21h30.

Líder da chave, com seis pontos (dois a mais que a vice-líder LDU), o Flamengo faz um bom início de Libertadores, após as vitórias sobre o Vélez Sarsfield, num 3 a 2 de virada na casa dos argentinos, e Unión La Calera, em goleada de 4 a 1 no Maracanã.

Para o jogo desta terça, porém, os rubro-negros voltam a campo sem uma de suas peças mais importantes: o volante Gerson, que sofreu lesão na coxa direita no sábado (1) e não viajou com o grupo.

Sem o camisa 8, o técnico Rogério Ceni terá que definir se escala um dos jovens da base -João Gomes ou Hugo Moura- ou se recorre à experiência do volante de origem Willian Arão, que tem atuado como zagueiro.

Contudo, se repetir a dupla de volantes utilizada no sábado, na vitória sobre o Volta Redonda pela semifinal do Carioca, a opção deve ser por Hugo Moura, que completou o setor ao lado de Diego.

Outra dúvida é em relação a quem será o companheiro de Arão, caso ele seja mantido na zaga.

A tendência é pela sequência de Gustavo Henrique, titular no fim de semana, mas Bruno Viana, que entrou no decorrer da partida, também é cotado.

LDU e Flamengo se enfrentaram no estádio Casa Blanca na Libertadores de 2019, ano em que os cariocas conquistaram seu segundo título da competição. O duelo de volta pela fase de grupos terminou em 2 a 1 para os equatorianos, em 24 de abril. No jogo de ida, em 13 de março, a vitória foi rubro-negra: 3 a 1 no Maracanã, com gols de Everton Ribeiro, Gabigol e Uribe.

Na Libertadores deste ano, a LDU estreou com empate por 2 a 2, fora de casa, com o La Calera. Depois, bateu o Vélez por 3 a 1, em Quito.

LDU

Gabbarini; Pearl, War, Corrozo e Cross; Piovi, Alcivar, Zunino, Billy Arce e Munoz; Cristian Borja. T.: Pablo Repetto

FLAMENGO

Diego Alves; Isla, Willian Arão, Gustavo Henrique (Bruno Viana), Filipe Luís; Diego, Hugo Moura (João Gomes), Everton Ribeiro, Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. T.: Rogério Ceni

Estádio: Casa Blanca, em Quito (EQU)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)