Contra equipes do eixo Rio-SP, Cuiabá enche Arena Pantanal e arrecada quase R$ 10 milhões

Cuiabá empatou no último fim de semana com o Palmeiras (Foto: Cesar Greco)


Fundado em 2001, o Cuiabá é o caçula da elite do futebol brasileiro. Pela segunda temporada consecutiva na Série A, o Dourado luta para se afastar do Z4 na reta final da competição. No último domingo (6), a equipe mato-grossense empatou com o Palmeiras e deu mais um passo para garantir uma vaga na elite em 2023.

>Convocação de Dani Alves vira assunto mais comentado no Brasil

Nas arquibancadas, mais de 22 mil torcedores estiveram na Arena Pantanal para acompanhar a partida contra os atuais campeões brasileiros. Com média de pouco mais de 13 mil torcedores por jogo, os jogos contra as equipes do eixo Rio-SP vem se destacando pela procura na compra dos bilhetes. Nos sete confrontos, a média salta para mais de 23 mil pessoas, um aumento superior a 70% do estabelecido pela agremiação durante o torneio.

Em termos de arrecadação, o auriverde conseguiu arrecadar quase R$ 10 milhões nessas partidas. Contra o Palmeiras, por exemplo, os ingressos custavam entre R$ 10 a R$ 510 (camarote com serviço de buffet). Os palmeirenses ficaram no setor norte, espaço destinado aos visitantes, com bilhetes entre R$ 75 e R$ 250.

Construída para a Copa do Mundo de 2014, a Arena Pantanal era apontada como um possível “elefante branco”. Atualmente, dentre os estádios utilizados no Mundial, é uma das praças esportivas mais movimentadas tanto com jogos da Série A bem como através da realização de shows. Além disso, o espaço recebeu jogos da Copa América e foi palco da final da Supercopa do Brasil, na decisão entre Flamengo e Atlético-MG, responsável por abrir a temporada do futebol brasileiro.

- Em geral, os torcedores que frequentam os jogos do Cuiabá possuem um perfil diferente de outras praças esportivas no Brasil. Por aqui, temos uma presença muito maior de mulheres e crianças nos jogos. Além disso, temos uma política mais severa com relação à briga nos estádios, sem nenhum registro de violência entre torcidas rivais. Esses jogos contra os grandes motivam o torcedor a comparecer no estádio. Nessas partidas, o público ficou mais dividido no duelo contra o Flamengo, mas em todas as outras, nossa torcida foi maioria na Arena - comentou Cristiano Dresch, vice-presidente do Cuiabá.

PÚBLICO E RENDA DO CUIABÁ CONTRA OS TIMES DO EIXO RIO-SP

Cuiabá 1 x 2 Flamengo
Público total: 40.059
Renda: R$ 3.344.285,00

Cuiabá 1 x 1 São Paulo
Público total: 33.050
Renda: R$ 1.450.190,00

Cuiabá 1 x 1 Palmeiras
Público total:
22.448
Renda: R$ 1.905.805,00

Cuiabá 1 x 0 Corinthians
Público total:
22.129
Renda: R$ 1.957.010,00

Cuiabá 0 x 0 Santos
Público total:
19.136
Renda: R$ 599.135,00

Cuiabá 2 x 0 Botafogo
Público total:
14.719
Renda: R$ 390.775,00

Cuiabá 0 x 1 Fluminense
Público total:
10.791
Renda: R$ 327.200,00