Consultor diz que Red Bull já negocia ampliação de vínculo com Honda

Redação GP

Helmut Marko afirmou que a Red Bull já está negociando com a Honda uma renovação de contrato para além da temporada 2021 da Fórmula 1. Na quarta-feira, a escuderia dos energéticos e a montadora japonesa anunciaram a ampliação do contrato de fornecimento de motores por mais um ano.

“Isso é um grande alívio para nós”, disse Marko em entrevista à austríaca Servus TV. “Nós estamos muito satisfeitos com a Honda”, seguiu.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Ainda, Marko revelou que já iniciou as negociações para ampliar o vínculo com a Honda para além de 2021.

Helmut Marko (Foto: Red Bull)


Paddockast # 43

QUAL FOI O MELHOR GP DO BRASIL QUE VOCÊ ASSISTIU?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM






“Nós já estamos conversando com a Honda sobre a colaboração adicional em 2022 e 2023”, contou. “Isso depende em grande parte da economia de custos, mas a FIA agora está começando a reconhecer isso”, comentou.

“Eles manifestaram a intenção de congelar os motores a partir de 2021. Isso garantiria que o desenvolvimento ficaria quase estagnado e os custos também poderiam ser drasticamente reduzidos”, ponderou.

Por fim, Marko ressaltou que a discussão sobre os custos de desenvolvimento do motor serão decisivos para o futuro da Honda na F1.

“Isso pode, de fato, se provar crucial para a Honda e permitiria uma colaboração maior”, concluiu.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.






Leia também