Conserto de caiaque com camisinha garante bronze nos Jogos Olímpicos

·1 minuto de leitura


Um reparo curioso ocorreu durante a disputa da canoagem nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A australiana Jessica Fox teve um problema com seu caiaque e seu técnico usou uma camisinha para fazer o conserto da embarcação. O resultado? Jessica se recuperou e venceu o bronze.

O problema com o caiaque aconteceu durante as descidas do K1 e ocorreu na ponta da embarcação, que é feita de fibra de carbono.

+ Veja a tabela da Seleção Brasileira de futebol masculino em Tóquio!

CONTROLE DE PRESERVATIVO
O uso inusitado do preservativo vem em uma edição dos Jogos Olímpicos, em que as camisinhas só serão distribuídas aos atletas quando estiverem indo embora. A decisão veio para "evitar o contato físico desnecessário" em meio de preocupações com o Covid-19.

TRADIÇÃO

A distribuição de preservativo é uma tradição dos Jogos Olímpicos desde 1988, realizado em Seul, na Coreia do Sul, com a ideia de garantir o sexo seguro nas vilas olímpicas.

HISTÓRICO
A medalha de bronze veio na terça-feira, mas Jessica também venceu o ouro, na canoa, nesta quinta-feira, e se tornou a primeira atleta da história a vencer medalha no caiaque e na canoa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos